Histórias de Hinos do Hinário Adventista – Nr. 511

Histórias de Hinos — 13 de julho de 2012 23:55

Oh! Que Belos Hinos

Letra: William Orcutt Cushing (1823-1902)

Título Original: Ring the Bells of Heaven

Música: George Frederick Root (1820-1895)

Texto Bíblico: Digo-vos que assim haverá maior alegria no céu por um pecador que se arrepende, do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento. (Lucas 15:7)


Acompanhe o hino no Youtube


1. Oh! que belos hinos cantam lá nos Céus!
É que o filho mau, ao lar voltou!
Vede lá ao longe o Pai já abraçar
Esse filho que Ele tanto amou.

Coro:
Glória, anjos mil entoam lá!
Glória, ouvem-se, as harpas já!
É o santo coro dando o seu louvor,
Pois se converteu um pecador.

2. Oh! que belos hinos cantam lá nos Céus!
Pois se converteu um pecador!
Alma revoltosa, convertida a Deus,
Deixa o mundo e volta ao Pai de amor.

3. Oh! arrependidos, hoje festejai,
Como os anjos fazem com fervor!
Ide pressurosos, vós, e anunciai,
Que se resgatou um pecador.


Ira David Sankey, conhecido hinista americano, diz em seu livro My Life and the Story of the Gospel Hymns (Minha Vida e a História dos Hinos Evangélicos):

“‘Oh, que Belos Hinos!’ (Soam os Sinos do Céu – no original em inglês), foi escrito”, diz o autor, Sr. Cushing, ” para ser usado com uma bela melodia que me fora enviado por George F. Root, intitulada, ‘O Pequeno Mestiço’. Após receber a melodia, esta ficou em minha cabeça o dia todo, soando melodiosamente em sua doce cadência musical. Queria aprendê-la para usá-la na Escola Dominical e para outros propósitos cristãos também. Imaginei haver alegria no céu quando, os sinos no céu soando anunciam a volta de um pecador arrependido. Então as palavras ‘Soam os Sinos do Céu’ subitamente fluíram para a melodia que estava à espera. Foi uma bela e abençoada experiência e parece que os sinos ainda estão soando.”


Uma meninazinha na Inglaterra, muito querida por seus pais, estava morrendo. Ela gostava muito de nossos cânticos, e sempre falava quanto os amava. Alguns dias antes de morrer disse à sua mãe:

-“Quando eu morrer, mamãe, peça as meninas da escola que entoem o cântico: ‘Soam os Sinos do Céu'”.

Meia hora antes de sua morte ela exclamou:

-“Oh, mamãe, ouça os sinos dos céus! Como tocam belissimamente!”

Fonte: Histórias de Hinos e Autores – CMA – Conservatório Musical Adventista


Veja a partitura cifrada deste hino

Veja este hino também no Ministério Cristo Vai Voltar


Tags: