Histórias de Hinos do Hinário Adventista – Nr. 345

Histórias de Hinos — 10 de julho de 2012 23:51

Lutai por Cristo

Letra: George Duffield, Jr. (1818-1888)

Título Original: Stand Up, Stand Up for Jesus

Música: Adam Geibel (1855-1933)

Texto Bíblico: E todo aquele que luta, exerce domínio próprio em todas as coisas; ora, eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível, nós, porém, uma incorruptível. (I Coríntios 9:25)


Acompanhe o hino no Youtube


1. Lutai, lutai por Cristo! Soldados sois da cruz.
Alçai Seu estandarte, fazei brilhar a luz,
A fim de que outros vejam o amor que nos conduz
À mais feliz vitória, com Deus e com Jesus!

Coro:
Lutai por Cristo,
Soldados sois da cruz!
Alçai Seu estandarte,
Bem alto deixei brilhar a luz!

2. Estai bem preparados ao toque do clarim;
Segui de perto a Cristo, até da luta o fim!
As armas empunhando, cobertos de valor;
Dispostos, bem ousados, marchai, pois, sem temor!

3. Ó, confiai em Cristo, na Sua proteção,
Pois vem o fim da guerra, já vem a redenção!
Então, fiéis soldados, em luz resplendereis;
No lar do Rei da glória, em paz descansareis.


>A estória da origem deste cântico é relatada pelo autor, Dr. George Duffield, em uma carta datada de 29 de maio de 1883;

“Lutai por Cristo” foi a derradeira mensagem do Reverendo Dudley A. Tyng, à Associação Cristã de Moços, e aos ministros associados a ele na “Reunião de Oração ao Meio Dia”, durante o reavivamento de 1858, conhecido geralmente como o ‘Trabalho de Deus em Philadelphia.

Tyng, meu querido amigo pessoal, é tido por mim como um dos mais nobres, bravos e viris homens que já encontrei… no domingo, antes de sua morte, ele pregou no imenso edifício conhecido como Jaynes’ Hall, um dos sermões mais bem sucedidos dos tempos modernos. Dos cinco mil homens lá reunidos, crê-se que pelo menos uns mil foram ‘sacrificados’ ao Senhor. Seu texto foi Êxodo 10:11, e daí, a alusão na terceira estrofe do cântico.

“Na quarta-feira seguinte, deixando o seu escritório por um momento, desceu ao estábulo, onde uma mula estava trabalhando, puxando moinho, debulhando milho. Ao acariciá-la no pescoço, a manga de seu roupão de seda ficou presa num dos dentes da engrenagem e seu braço foi arrancado totalmente. Sua morte ocorreu em poucas horas…

“No domingo seguinte, o autor do cântico pregou sobre Efésios 6:14, e os versos do cântico foram escritos simplesmente como exortação final. O superintendente da Escola Dominical imprimiu-os em folhas avulsas para as crianças – Uma das cópias foi parar num jornal batista – e deste jornal, tem ido em traduções em inglês, alemão e latim, por todo o mundo.”

(Extraído de “The Story of Our Hymns” Haussler, pág. 324, 325 (com permissão de Eden Publishing House).

A melodia “Webb” é também conhecida como “Morning Light” (Luz Matinal), “Millennial Dawn” (O Amanhecer do Milênio) e “Goodwin”, e foi escrita originalmente por George James, Webb, em 1839, para uma letra secular. Tornou-se, no entanto, apropriada para o cântico de Duffield.

Fonte: Histórias de Hinos e Autores– CMA – Conservatório Musical Adventista


Veja a partitura cifrada deste hino

Veja este hino também no Ministério Cristo Vai Voltar


Tags: