Histórias de Hinos do Hinário Adventista – Nr. 293

Histórias de Hinos — 10 de julho de 2012 23:50

Teu Divinal Amor

Letra: Sylvanus Dryden Phelps (1816-1895)

Título Original: Savior, Thy Dying Love

Música: Robert Lowry (1826-1899)

Texto Bíblico: Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. (João 3:17)


Acompanhe o hino no Youtube


1. Teu divinal amor, Quis me buscar
Em gratidão, meu ser, Vou Te ofertar.
Pai, ouve lá do Céu, Pois quero andar na luz;
Meu fervoroso amor, É de Jesus.

2. Oh, dá-me mais amor, Mais devoção.
Tão mau e fraco é Meu coração!
Pai, quero Te louvar, Por Cristo lá na cruz,
E sempre irei viver, Só pra Jesus.

3. Pai, o que tenho e sou, Eu Te darei,
Pois deste mundo mau, Não mais serei.
E quando ao Céu subir, E a meu Senhor eu vir,
Lá viverei em luz, Junto a Jesus.


Ira David Sankey, conhecido hinista americano, diz em seu livro My Life and the Story of the Gospel Hymns (Minha Vida e a História dos Hinos Evangélicos):

O professor W. F. Sherwin estava certa ocasião, realizando um congresso de Escolas Dominicais no Maine. Este hino foi usado nas reuniões, e um jovem advogado ficou tão impressionado com ele, especialmente pela terceira estrofe, que mudou os planos de sua vida. Consagrou-se ao serviço de Cristo, e desse dia em diante devotou-se de coração ao trabalho evangelístico.


“Uma grande família uniu-se recentemente à minha igreja,” diz um pastor em Glasgow. “A mãe contou-me que, enquanto eram estranhos na cidade, ela entrou em nossa capela, em um momento em que estava muito desanimada. Seu coração foi reanimado quando a congregação cantou ‘Teu Divinal Amor’.”


Este hino que é agora famoso em muitas terras, foi publicado pela primeira vez há mais de quarenta anos no “Watchman and Reflector” e daí foi copiado por vários outros jornais religiosos. O Dr. Robert Lowry pedira ao autor, Rev. Sr. Phelps, que lhe arrumasse alguns hinos para o hinário “Pure Gold“, (Ouro Puro), que ele e W. H. Doane estavam preparando. Entre outras contribuições do Sr. Phelps encontrava-se “Teu Divinal Amor“.

O Sr. Lowry compôs a melodia com a qual tem sido sempre usado. No septuagésimo aniversário do autor – nove anos antes de sua morte em 1895 – este recebeu a seguinte mensagem de congratulações do Dr. Lowry:

“Vale a pena viver setenta anos, mesmo que disto nada mais resulte do que um hino como ‘Teu Divinal Amor’. Feliz é o homem que pode produzir um hino que o mundo continuará cantando após o autor não mais existir.”

Fonte: Histórias de Hinos e Autores – CMA – Conservatório Musical Adventista


Veja a partitura cifrada deste hino

Veja este hino também no Ministério Cristo Vai Voltar


Tags: