Histórias de Hinos

Histórias de Hinos do Hinário Adventista – Nr. 291

Muitos Há Que me Contemplam

Letra: Howard Arnold Walter(1883-1918)

Título Original: I Would Be True

Música: Joseph Yates Peek(1843-1911)

Texto Bíblico: Portanto, nós também, pois estamos rodeados de tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com perseverança a carreira que nos está proposta, fitando os olhos em Jesus, autor e consumador da nossa fé, o qual, pelo gozo que lhe está proposto, suportou a cruz, desprezando a ignomínia, e está assentado à direita do trono de Deus. (Hebreus 12:1 e 2)


Acompanhe o hino no Youtube


1. Ó meu Senhor, eu quero ser mui puro,
Eu quero ser também, meu Deus, veraz,

Coro:
Pois muitos há, Senhor, que me contemplam
Sim, meu Senhor, que olham para mim.
Sim, meu Senhor, que olham para mim!

2. Eu quero ser mui forte e destemido,
Sim, quero ser humilde, manso e bom,

3. Ó meu Senhor, eu quero cada dia,
À Tua lei com fé obedecer,


Um homem de vinte e três anos de idade escreveu este hino como uma mensagem pessoa à sua mãe, enviando-a do Japão a New Britain, Connecticut. Este hino é uma mensagem viva de jovem para jovem.

Howard Arnold Walter graduado em Princeton em 1905, foi ao Japão, onde o hino foi escrito; mais tarde foi ordenado ao ministério e passou algum tempo na Índia a serviço da Associação Cristã de Moços. Quando seu médico lhe disse que não tinha muito tempo de vida por causa do estado do seu coração, ele disse: “Isto torna mais essencial que eu volte a trabalhar imediatamente.”

A mensagem deste hino é o credo de muitos jovens consagrados na igreja hoje. “Eu quero ser verdadeiro, mui puro…veraz, forte… bravo… humilde…manso… bom… Eu quero cada dia, à Tua Lei divina obedecer.” Nada há de negativo, insatisfação ou pessimismo neste hino. Está cheio do espírito dos jovens cristãos. Por isso é que os jovens em todos os lugares gostam de cantá-lo.

A melodia “Peek” recebeu este nome em homenagem a Joseph Yates Peek que escreveu o arranjo especialmente para ele. Um acontecimento interessante em relação à escrita desta melodia é narrado por Hon Edgar M. Doughty, Brooklin, ao Dr. Reginald L. McAll, que conta o seguinte:

“O Sr. Walter encontrou o Sr. Peek e lhe deu uma cópia do hino. Joseph Yates Peek ficou tão impressionado com as palavras que creu que se elas fossem musicadas, teriam seu valor realçado no futuro. Sob esta impressão é que sentiu mentalmente uma melodia.

Não estando capacitado a compor música, confiou suas impressões e idéias a seu amigo, Dr Tuller, organista e compositor que o encorajou a lhe assobiar a melodia, enquanto ele o acompanhava ao piano, e tomava apontamento das notas… Desta forma, o Dr. Tuller foi capaz de transcrever para as folhas de música as impressões do Sr. Peek de tal forma que ele mesmo podia editá-las. Logo que a melodia foi criada o Sr. Peek notou o seu valor. Várias ofertas para a venda do hino foram rejeitadas, sendo a intenção deixá-lo livre para fazer todo o bem que pudesse.”

Fonte: Histórias de Hinos e Autores – CMA – Conservatório Musical Adventista


Veja a partitura cifrada deste hino

Veja este hino também no Ministério Cristo Vai Voltar


Tags: