Histórias de Hinos do Hinário Adventista – Nr. 277

Histórias de Hinos — 10 de julho de 2012 23:50

Jesus, Eu Venho a Ti

Letra: Eliza H. Hamilton (século 19)

Título Original: Take Me As I Am

Música: Ira David Sankey (1840-1908)

Texto Bíblico: Mas o publicano, estando em pé de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, sê propício a mim, o pecador! (Lucas 18:13)


Acompanhe o hino no Youtube


1. Jesus, Senhor eu venho a Ti,
Ó, dá-me alívio mesmo aqui,
O Teu favor estende a mim;
Aceita um pecador!

Coro:
Eu venho como estou;
Bem sei, indigno sou,
Mas meu Jesus por mim morreu;
Eu venho como estou.

2. As minhas culpas grandes são,
Mas, Tu, que não morreste em vão,
Me podes conceder perdão;
Aceita um pecador!

3. Eu nada posso merecer,
Tu vês-me prestes a morrer;
Jesus, a Ti me vou render;
Aceita um pecador!

4. Ó, vem agora, Salvador,
Somente Tu és meu Senhor!
Ó, salva-me por Teu amor;
Aceita um pecador!


Eu venho como estou;
Bem sei, indigno sou,
Mas meu Jesus por mim morreu;
Eu venho como estou.

As palavras reconfortantes e de entrega citadas acima, possuem uma linda história, e é o famoso hinista (e compositor da melodia) Ira David Sankey (1840-1908), que nos conta em seu livro:

Anos atrás, enquanto reuniões de reavivamento estavam sendo realizadas numa das grandes cidades da Escócia, uma jovem estava preocupada com sua condição espiritual. Retornando a uma das reuniões, ela foi falar com o ministro e lhe perguntou como poderia ser salva.

“Ah, Lassie – disse ele – Não se assuste! Basta ler a Bíblia e fazer suas orações, e você vai ficar bem.”

Mas a pobre menina analfabeta exclamou ao ministro: “Eu não sei ler, eu não sei orar! Senhor Jesus, me aceite como eu sou!”.

Desta forma, a menina tornou-se uma seguidora de Cristo, e uma senhora que ouviu a experiência da menina escreveu este hino. "Eu encontrei esses versos num jornal religioso e os configurei para uma música simples, que se tornou agora bem mais conhecida. Ao mesmo tempo, o Sr. Stebbins também encontrou os versos e os musicou, e enviou-me, ao mesmo tempo em que eu estava enviando a minha música para ele".

Deus inspirou grandemente a Srª Eliza H. Hamilton ao escrever a letra deste hino. O primeiro passo para uma entrega total é ter em mente que somos pecadores, mas mesmo assim Cristo nos aceita.

Este hino, que se tornou conhecido em diversos lugares, inclusive há bastante tempo no Brasil (meu bisavô já cantava ele na década de 1940), nos faz refletir de que devemos estar em constante entrega ao nosso Deus. Ele é uma oração cantada, e seria muito bom que o entoássemos de tempos em tempos.


Fonte: Hinos Tradicionais


Veja a partitura cifrada deste hino

Veja este hino também no Ministério Cristo Vai Voltar


Tags: