Histórias de Hinos

Histórias de Hinos do Hinário Adventista – Nr. 232

Cantarei ao Meus Salvador

Letra: Oswald Jeffrey Smith (1889-1986)

Título Original: The Song of the Soul Set Free

Música: Alfred Henry Ackley (1887-1960)

Texto Bíblico: E cantavam um cântico novo, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda tribo, e língua, e povo e nação; e para o nosso Deus os fizeste reino, e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra. (Apocalipse 5:9 e 10)


Acompanhe o hino no Youtube


1. Mais do que tesouros é Cristo, meu bom Mestre;
Ele é a luz do mundo, a Estrela da manhã.
Ele é o Rei da glória, e no meu coração
Contente vou cantando com muita gratidão.

Coro:
Cantarei ao meu Salvador esta linda melodia,
Pois eu tenho no coração plena paz e alegria.
Cantarei ao meu Salvador, cantarei, sim, noite e dia.
Aleluia! Aleluia! Feliz sempre cantarei!

2. Cristo lebertou-me da pena do pecado,
E agora alegre eu canto, pois para o Céu irei.
Ele me dá forças, Ele é o meu Protetor;
Dou sempre glória a Ele, meu Mestre e meu Senhor.

3. Anjos não conhecem a linda melodia,
Pois só mortais a entoam: os salvos por Jesus.
Livre, perdoado por Cristo e Seu amor,
Mui vitoriosos eu vivo cantando em Seu louvor.


Este hino exultante de adoração e louvor ao nosso Salvador foi escrito por um dos pastores mais notáveis da sua geração. O canadense Oswald Jeffrey Smith (1890-1986) aceitou a Cristo aos dezesseis anos ao ouvir o famoso evangelista R. A. Torrey. Preparou-se para o ministério e foi ordenado pastor presbiteriano. Seu desejo era dedicar-se à obra missionária mas foi advertido de que era muito fraco fisicamente para enfrentar a dura vida missionária. Como o Pr. José dos Reis Pereira disse: 

“As juntas missionárias às vezes falham nos seus diagnósticos – o jovem tão fraco, que não podia ser missionário, viveu 96 anos (…). Deus o usou poderosamente num trabalho que não deixou de ser missionário, pois além de pregar em 80 países do mundo [inclusive o Brasil], ainda fundou uma igreja que tem sustentado centenas de missionários”.

Oswald J. Smith fundou a Igreja do Povo, em Toronto, em 1928, e continuou como seu pastor até 1958. Embora seja uma das maiores igrejas do Canadá, sua fama reside no sustento de missionários através do mundo. Do seu pastor foi dito: “O Dr. Oswald Smith deu mais ímpeto para missões do que qualquer outra pessoa viva. “

Billy Graham, falando dos 35 livros (traduzidos para 128 línguas) deste servo do Senhor, escreveu:

“Seus livros tem sido usados pelo Espírito Santo para penetrar na profundeza da minha alma e tiveram uma influência tremenda sobre minha vida pessoal e meu ministério”.

O seu livro Paixão Pelas Almas, amplamente divulgado pela Junta de Missões Mundiais, teve enorme repercussão no Brasil; “A tarefa suprema da Igreja é a evangelização do mundo”. – Oswald Smith pregava isso e o praticava. Foi um evangelista mundial, pregando e ganhando almas em todos os continentes. Pelo rádio alcançou milhões de pessoas, através de 42 emissoras. Como editor, publicou uma revista por mais de 40 anos. Foram-lhe conferidos três doutorados (honoris causa) .

Como hinista, o Dr. Smith escreveu mais de 1. 200 poesias e letras de hinos e cânticos evangélicos. Publicou várias coletâneas.

Billy Graham pregou na ocasião do culto fúnebre deste eminente estadista missionário, e entre outras coisas disse que Oswald Smith foi “a maior combinação de pastor, hinólogo, líder missionário e evangelista de nosso tempo”.

Alfred Henry Ackley, compositor e/ou autor de aproximadamente 1. 500 hinos, cânticos do estilo gospel hymns e canções, publicou este hino em 1938. Ackley nasceu em Spring Hill, Estado de Pensilvânia, EUA, em 21 de janeiro de 1887. Violoncelista aprimorado, recebeu de seu pai as primeiras noções de música. Depois estudou na Academia Real de Música em Londres e com Hans Kronold, em Nova Iorque. Formado pelo Seminário Teológico Westminster no Estado de Maryland, EUA, pastoreou igrejas presbiterianas nos Estados da Pensilvânia e da Califórnia. Foi assistente do Dr. Hugh Kerr, editor do Hinário Presbiteriano de 1933.

Em colaboração com seu irmão, Bently DeForest Ackey além de escrever e compor hinos, Ackley compilou inúmeros hinários e coletâneas para a Publicadora Rodeheaver para os quais os irmãos contribuíram com muitos coros e hinos evangélicos.

Alfred Ackley recebeu o Doutorado em Música Sacra (honoris causa) da Universidade John Brown. Faleceu em 3 de julho de 1960.

Bibliografia: Pereira, José dos Reis, Oswald J. Smith (Artigo Memorial), Rio de Janeiro, O Jornal Batista, 16 de março, 1986, p. 2.


Veja a partitura cifrada deste hino

Veja este hino também no Ministério Cristo Vai Voltar


Tags: