Histórias de Hinos

Histórias de Hinos do Hinário Adventista – Nr. 231

Tenho um Hino em Meu Coração

Letra e Música: Luther Burgess Bridgers (1884-1948)

Título Original: He Keeps Me Singing

Texto Bíblico: Esperei com paciência pelo Senhor, e ele se inclinou para mim e ouviu o meu clamor. Também me tirou duma cova de destruição, dum charco de lodo; pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos. Pôs na minha boca um cântico novo, um hino ao nosso Deus; muitos verão isso e temerão, e confiarão no Senhor. (Salmo 40:1-3)


Acompanhe o hino no Youtube


1. Tenho um hino em meu coração,
Que Jesus modula assim:
“Ouve, Eu contigo estou na dor,
Ou no riso até o fim.”

Coro:
A Jesus eu louvo,
Pois feliz estou.
Sigo então cantando
Quando após Seus passos vou.

2. Arruinada a minha vida foi,
Dissipada em tristes ais,
Mas Jesus as cordas consertou,
Desferiu sons divinais.

3. Sou feliz, oh, graça sem igual!
Mui contente sempre estou,
Pois Jesus me deu paz perenal;
Eis porque louvores dou.


Quando cantamos as lindas palavras do hino de Luther Bridges, “Tenho Um Hino em Meu Coração”, nunca poderíamos sonhar com a dor e a tragédia que sobrevieram ao seu autor pouco antes dele escrever este belo hino.

Luther Bridges nasceu perto de Margretville, Carolina do Norte, EUA, em 14 de Fevereiro de 1884. Os seus pais se mudaram para a Geórgia e, quando tinha dezesseis anos, Luther freqüentou o colégio Asbury em Wilmore, Kentucky. Ele começou a pregar com dezessete anos e foi ordenado como Ministro Metodista. Ali ele encontrou a amável Sarah Vetch e se apaixonou por ela. Nenhum dos dois tinha completado vinte anos quando se casaram. Tiverem três filhos, Luther foi um bem-sucedido evangelista com a idade de dezoito anos e continuou no que ele chamava de “a obra de salvar almas” até pouco antes de sua morte.

Foi em 1910, cerca de sete anos depois de seu casamento que ele aceitou um convite para fazer duas semanas de reavivamento em uma igreja perto da casa dos pais de sua esposa, no Kentucky. Deixando sua esposa e os três meninos pequenos na casa dos pais dela, partiu para a cidade próxima para realizar os cultos. Havia um grande reavivamento e muitas pessoas estavam professando a Cristo como seu Salvador. Perto do final dos cultos de reavivamento, Luther recebeu uma chamada interurbana à noite. Quem poderia estar ligando a esta hora e o que poderia ter acontecido de errado? Foi difícil para Luther, de vinte e seis anos, receber todo o impacto desta ligação. A casa dos pais de sua esposa havia se incendiado completamente. Sua esposa, Sarah e seus três filhos, todos haviam morrido no incêndio. Ele ficou desolado por causa da perda de sua esposa e dos filhos e perguntou-se “Como isto pôde acontecer enquanto eu estava fazendo a vontade de Deus?”

Por algum tempo ele ficou perplexo e inativo. Mais uma vez, o Senhor começou a lhe falar sobre o evangelismo. Ele começou a preparar-se em oração e estudo, e parou de perguntar a Deus “Por que?” O Senhor lhe falou através de Sua palavra, “A minha porção é o Senhor, diz a minha alma” (Lamentações 3:24); “Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará” (Salmos 91:1). Luther pensou consigo, “O esconderijo, a sombra e a presença do Todo-Poderoso”, ele poderia confiar nEle. O Deus de toda terra nunca falharia nem o abandonaria.


Veja a partitura cifrada deste hino

Veja este hino também no Ministério Cristo Vai Voltar


Tags:

Comments are closed.