Histórias de Hinos do Hinário Adventista – Nr. 048

Histórias de Hinos — 10 de julho de 2012 23:29

Ó, Vinde, Adoremos

Letra: John F. Wade, por volta de 1743

Título Original: O Come, All Ye Faithfull

Música: Compositor Desconhecido

Texto Bíblico: E entrando na casa, viram o menino com Maria sua mãe e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, ofertaram-lhe dádivas: ouro incenso e mirra. (Mateus 2:11)

Observação: Autoria discutível entre John F. Wade, John Reading, ou Simão Portogallo. Publicado no livro “Cantus Diversi“, em 1751.


Acompanhe o hino no Youtube


1. Chegai-vos, ó crentes, vinde jubilosos
Sigamos a estrela do céu de Belém!
Eis que é nascido Cristo, Rei da glória!

Coro:
Ó, vinde, adoremos!
Ó, vinde, adoremos!
Ó, vinde, adoremos o Rei Salvador!

2. Ó coros celestes, plenos de harmonia,
Uni-vos aos povos, cantai com fervor!
Ó, dai hosanas, glória nas alturas!

3. Com altos louvores, glória a Deus rendemos,
Por Cristo que ao mundo desceu lá do além!
Oh! para sempre temos Deus conosco!


Este hino é um dos mais amados e cantados hinos de Natal no mundo inteiro. Convida-nos a todos, homens e anjos, a adorar a nosso Senhor, o Rei prometido, que com humildade se encarnou. Não podemos cantar estas palavras triunfantes de uma maneira displicente! Só podemos cantar de todo coração: “Ó, vinde adoremos! “, e adorá-lo de verdade.

Sete diferentes manuscritos, descobertos em diversos lugares da Europa, incluem este hino, todos com a assinatura de John Francis Wade. No livro Adeste Fidelis; a Study on its Origin and Development, (Adeste Fideles; Um Estudo Sobre a Sua Origem e Desenvolvimento) por Don John Stephan, (1947) foi apresentada evidencia suficiente para crer que Wade o autor do hino. Por isso, autores recentes concordam em atribuir a ele a versão original em latim.

John Francis Wade, (c, 1710-1786), copista inglês, morava em Douai , na França, numa faculdade inglesa, refúgio religioso e político depois da rebelião jacobina de 1745. Wade era professor de música e copista, vendendo suas cópias de cantochão e de outras músicas nas capelas e nos lares da comunidade. Wade encadernou todas as suas produções num volume, cerca de 1743, intitulado Cantus Diversi pro Dominicis et Festis per Annum (Diversos Cânticos para os Domingos e Para as Festas do Ano). Este manuscrito está na Faculdade Stonyhurst, no condado de Lancashire, Inglaterra.

Adeste Fideles, o nome da melodia, foi tirado das primeiras duas palavras do texto original. Esta melodia apareceu no manuscrito com este texto em Cantus Diversi de John Francis Wade. Este arranjo foi publicado no Essay on the Church Plain Chant (Ensaio sobre o Cantochão da Igreja), em 1782, por Samuel Webbe, organista na Embaixada Portuguesa em Londres. Por isso a melodia às vezes é chamada POTUGUESE HYMN (Hino Português).

Esta excelente tradução do latim é uma das cinco traduções feitas pelo missionário James Theodore Houston. Feita em 1881, apareceu no hinário Hymnos Evangélicos e Cânticos Sagrados, publicado em cooperação com o missionário John Boyle, em 1883.

Bibliografia: Hinário para o culto cristão- Notas históricas – Edith Brock Mulholland (Compiladora) Rio de Janeiro; JUERP, 2001


Veja a partitura cifrada deste hino

Veja este hino também no Ministério Cristo Vai Voltar


Tags: