Histórias de Hinos do Hinário Adventista – Nr. 001

Histórias de Hinos — 10 de julho de 2012 23:29

Ó Deus de Amor

Letra: Isaac Watts (1674-1748)

Título Original: Before Jehovah’s Awful Throne

Música: John Hatton (1710-1793)

Texto Bíblico: No princípio criou Deus os céus e a terra. (Gênesis 1:1)


Acompanhe o hino no Youtube


1. Ó Deus de amor, vimos nós Te adorar.
Vós, ó nações, rendei louvor!
És Tu, Senhor, o poderoso Vencedor;
És Criador e Rei sem par.

2. Por Teu poder nos criaste, Senhor,
Deste-nos vida e perfeição;
E ao desviar-nos de Teu plano de amor,
Veio, em Jesus, a salvação.

3. Teu é o poder e o louvor, nosso Deus;
Teu, nosso amor, fervor também.
Qual rocha firme a verdade ficará,
Deus eternal, Senhor. Amém.


Isaac Watts, autor deste hino, é algumas vezes chamado “Pai da hinodia Inglesa” porque foi um dos primeiros a dar impulso ao canto dos hinos antigos. Escreveu cerca de seiscentos hinos e paráfrases dos salmos. O “Church Hymnl” contém trinta e um hinos de Watts, e “Cantai ao Senhor” apenas oito. Seus hinos são de linguagem escriturística, dignificantes e majestosos no pensamento, reverentes e cheios de adoração na expressão.

“Teu é o Poder” é uma imitação do Salmo 100. As primeiras duas linhas são uma alteração de Jonh Wesley.

Frases tais como “santa alegria”, aglomerar-nos-emos em seus portões com hinos de agradecimentos “vasto como a Eternidade é Seu Amor”e outras, (estas frases são do original em inglês) são belas expressões de reverente louvor. Este hino expressa a segurança do reino de Deus.

A Melodia “Duke Street” apareceu primeiro anonimamente no Select Collection of Psalm and Hymn Tunes, 1793″ (coleção seleta de Melodias de Salmos e hinos, 1973), de Henry Bord. Tem sido conhecida pelo nome de “Addison’s 19 th Psalm”, e tem sido atribuída ao compositor Jonh Hatton, que residiu na Rua Duke no distrito de St. Helens, na cidade de Windle; daí os títulos para o hino.

“Duke Street” em muitos aspectos é um hino ideal. Tem dignidade, beleza melódica, um bom arranjo para canto congregacional uníssono, harmonia forte, e concordância com as palavras. Não há andamento em que soe melhor. Pode ser cantando lentamente ou moderadamente mais rápido com bom efeito. Não deveria ser cantado rápido demais.

Este é um grande hino de louvor, e deveria ser cantado pelo menos uma vez por ano.


Veja a partitura cifrada deste hino

Veja este hino também no Ministério Cristo Vai Voltar


Tags: