A Música no Grande Conflito

A Adoração, A Forma da Adoração — 26 de julho de 2016 21:21

por: Leandro Dalla

Sermão apresentado na Igreja Adventista do Sétimo Dia de Vila Alpina, São Paulo, no dia 23 de julho de 2016


Caros amigos,

Esta mensagem não representa um desabafo, mas um apelo desesperado de alguém que ama sua igreja e seus irmãos. Também não se trata de uma indireta, mas de uma exortação direta àqueles que confundem louvor aos homens com louvor a Deus; que confundem fãs com adoradores; emoção com adoração; reações fisiológicas com atuação do Espírito Santo; manifestações corporais com reavivamento. E não apenas àqueles que confundem, mas principalmente àqueles que induzem outros a assim fazê-lo. Não julgo as intenções, pois o coração é jurisdição divina. Mas posso analisar práticas e métodos. E comparando-os à Bíblia e aos Testemunhos, fico profundamente preocupado.

Enquanto cantamos, aplaudimos, pulamos, gritamos, assobiamos, pedimos autógrafos e “tiramos selfies”, uma crise qual nunca houve em toda a história da humanidade está se aproximando rapidamente.

“E haverá um tempo de angústia, qual nunca houve.” Daniel 12:1.

“Aproximam-se de nós provações com que nunca sonhamos.” Ellen G. White. Testemunhos Seletos vol. 3, p. 306.

Por isso faço um apelo urgente à igreja, tanto membros quanto líderes …

“O tempo que tantos estão deixando passar desperdiçado deveria ser dedicado ao encargo que Deus nos deu, de preparar-nos para a crise que se aproxima.” Ellen G. White. Conselhos para a Igreja, p. 345.

“Uma grande crise aguarda ao povo de Deus. Uma crise aguarda ao mundo. A mais grave luta de todos os séculos está justamente à nossa frente. … Mas estaremos prontos para o acontecimento? … O povo deve ser despertado em relação aos perigos do tempo presente. Os vigias estão adormecidos. Estamos com anos de atraso. … Se nossos dirigentes não aceitarem agora a mensagem que Deus lhes envia, e não se unirem para a ação, as igrejas sofrerão grande perda. Quando o vigia, vendo vir a espada, dá à trombeta um sonido certo, o povo e toda a linha ecoa a advertência, e todos terão oportunidade de preparar-se para o conflito. Mas demasiadas vezes o líder tem ficado hesitando, como que dizendo: ‘Não nos apressemos demais. Pode haver engano. Devemos ter cuidado para não levantar alarme falso.’ … Assim ele virtualmente nega a mensagem enviada de Deus, e a advertência que se destinava a despertar as igrejas, deixa de realizar sua obra. A trombeta do vigia não dá sonido certo, e o povo não se prepara para a batalha. Que os vigias cuidem não aconteça que, por sua hesitação e demora, almas sejam deixadas a perecer, e seu sangue seja requerido de sua mão.” Testemunhos Seletos vol. 2, pp. 318-323

“Prepara-te, ó Israel, para te encontrares com o teu Deus.” Amós 4:12.

“Buscai ao Senhor enquanto se pode achar.” Isaías 55:6.

Deus está nos dando os últimos avisos!


Tags: ,