Pergunta 56: Como finalizar uma música?

Diana Goulart: Aqui estão algumas idéias bastante comuns, que são muito usadas exatamente por serem intuitivas e funcionarem bem.

Sustente a última nota, enquanto a banda faz um “arremate” final.

Modifique o andamento da última frase, tornando-a mais lenta. Use a linguagem corporal para comunicar isto aos músicos.

Faça uma pausa antes de cantar a última frase, criando um “clima” para valorizá-la.

Modifique ligeiramente a última frase, fazendo com que termine numa nota mais aguda (os agudos causam impacto, principalmente no final). Atenção: se você não tem experiência, treine antes.

Ou então modifique o final para que termine numa nota grave. Mas neste caso, funciona melhor se a nova nota for bem grave.

Você pode cantar novamente a melodia feita pela banda na introdução, usando só sílabas (como “pa-da-ba-da”) junto com a banda ou em solo.

Depois de cantar a última frase, repita-a mais duas vezes; se quiser, faça pequenas variações na melodia, especialmente na primeira repetição.

Depois de cantar a última frase, repita-a várias vezes, cada vez numa intensidade mais suave, até desaparecer (“fade out”).

Outra versão para o “fade out” é usar um instrumento para estabelecer um “diálogo” – uma vez o cantor canta a última frase, depois o instrumento repete mais suavemente, depois o cantor ainda mais suave etc.

Se houver ensaio, o grupo pode combinar um final onde todos fazem um desenho melódico ou rítmico especial – isto se chama “uma convenção”, ou “um especial”.

Experimente combinar algumas destas idéias.

Atenção à comunicação entre cantor e banda! Use o contato ocular, a linguagem musical e corporal para mostrar como você planeja finalizar a música. Aos poucos você achará natural esta conversa sem palavras.


Voltar para o Índice de Perguntas e Respostas sobre Canto


Diana Goulart é professora de Canto, fonoaudióloga, pesquisadora do canto e palestrante sobre diversos temas ligados à voz e ao canto. Para informações mais detalhadas, visite http://www.dianagoulart.com.br


Veja nota dos editores do Música Sacra e Adoração