Pergunta 52: Em que tom eu vou cantar cada música?

Diana Goulart: As vozes humanas têm uma extensão (conjunto de todos os sons que você pode emitir, do mais grave ao mais agudo) e uma tessitura (conjunto de todos os sons que você pode emitir com boa qualidade vocal, do mais grave ao mais agudo). As músicas também têm uma extensão: é a distância entre a nota mais grave até a mais aguda daquela melodia.

Vamos representar esquematicamente num gráfico:

Com o treinamento vocal, a tendência é você ampliar a sua tessitura tanto na direção dos graves como dos agudos. No entanto, todos os instrumentos (inclusive a voz) têm um limite. Por exemplo, uma flauta não pode tocar os mesmos sons que um trombone, assim como a Gal Costa não pode cantar os mesmos sons que o Tim Maia.

Você não pode mudar a extensão de uma melodia, pois isso iria descaracterizá-la – você estaria cantando uma outra música. Porém, você pode alterar a região em que vai tocar esta música, sem descaracterizá-la: isto se chama “transpor a música” de um tom para outro, fazer uma “transposição”.

Voltando aos esquemas:

Vamos representar o que acontece quando eu toco esta mesma música em diferentes tons. Observe o deslocamento das notas:

Em F (Fá maior)

Em G (Sol maior)

Em Bb (Si bemol maior)

E assim por diante. Veja bem: não existe um tom “mais agudo” nem “mais grave” que o outro, ou seja, não há um tom em que todas as músicas fiquem agudas, ou graves: tudo depende da construção melódica, da forma como o compositor estruturou a canção. Por isso é preciso saber em que tom você canta cada música do seu repertório, uma por uma.

Atenção: muitas vezes a pessoa que faz esta pergunta (“qual o meu tom?”) quer, na realidade, saber qual é a sua classificação vocal (se ele é tenor, baixo, barítono, ou se ela é soprano, mezzo, alto).


Voltar para o Índice de Perguntas e Respostas sobre Canto


Diana Goulart é professora de Canto, fonoaudióloga, pesquisadora do canto e palestrante sobre diversos temas ligados à voz e ao canto. Para informações mais detalhadas, visite http://www.dianagoulart.com.br


Veja nota dos editores do Música Sacra e Adoração