Pergunta 27: Meu filho de 6 anos pode fazer aula junto comigo?

Diana Goulart: Não. Os cuidados com a respiração, com o apoio e com a emissão vocal são importantes para adultos e crianças, mas as formas pedagógicas de treinar estes aspectos são diversas, bem como as exigências. A extensão vocal e as regiões a serem trabalhadas são diferentes. A sonoridade é outra, trazendo problemas de timbragem entre as vozes – mesmo que não se trate de um coral, quando se trabalha técnica vocal em grupo é preciso cuidar da combinação entre as vozes presentes!

Outro fator fundamental é a escolha dos recursos didáticos – as imagens usadas para esclarecer a técnica, o vocabulário usado nas aulas, a escolha de repertório, a dinâmica da aula (o tempo de concentração em uma mesma tarefa é muito menor nas crianças do que nos adultos), tudo é diferente!

Além disso, o mais interessante num grupo é a troca de idéias entre os próprios alunos, que ficam entusiasmados com o progresso dos colegas, sugerem repertório para um ou outro, fazem observações críticas para ajudar os colegas etc. Para esta “liga” acontecer, é preciso que haja uma boa dose de identificação entre os participantes. A diferença muito grande de idade pode se tornar uma barreira para esta interação, pois envolve toda a formação cultural e musical, concepção estética, preferências de estilos musicais, podendo ainda esbarrar em problemas como auto-imagem, auto-estima, dificuldade em aceitar as mudanças corporais e psicológicas associadas à idade (na adolescência e na “envelhescência”).

Claro que as diferenças existem e são até desejáveis; mas cada grupo deve ter um “perfil” claro, formando uma comunidade harmoniosa, de tal forma que cada participante colabore direta ou indiretamente para o desenvolvimento musical/vocal dos outros. É muito difícil conseguir este objetivo misturando crianças e adultos.


Voltar para o Índice de Perguntas e Respostas sobre Canto


Diana Goulart é professora de Canto, fonoaudióloga, pesquisadora do canto e palestrante sobre diversos temas ligados à voz e ao canto. Para informações mais detalhadas, visite http://www.dianagoulart.com.br


Veja nota dos editores do Música Sacra e Adoração