Histórias de Hinos do Hinário Adventista – Nr. 534

Salvo em Jesus

Letra: Fanny Jane Crosby (1820-1915)

Título Original: Safe in the Arms of Jesus

Música: William Howard Doane (1832-1915)

Texto Bíblico: E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho. Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida. Estas coisas vos escrevo, a vós que credes no nome do Filho de Deus, para que saibais que tendes a vida eterna. (I João 5:11-13)


Acompanhe o hino no Youtube


1. Salvo em Jesus, meu Mestre, tenho perfeita paz;
Tal comunhão com Ele toda aflição desfaz.
Ele me deu certeza da minha salvação,
Oh! que prazer, que gozo enche meu coração!

Coro:
Salvo em Jesus, meu Mestre,
Tenho perfeita paz,
Tal comunhão com Ele
Toda a aflição desfaz.

2. Cristo é minha vida, fonte Ele é de amor;
Tira de mim as mágoas, todo o pesar e a dor.
E se eu sofrer a prova, mui fácil me será;
E se verter o pranto, logo Ele enxugará.

3. Hei de passar a noite sem mais sentir temor;
Breve virá o dia de perenal fulgor.
Oh! que prazer supremo ver a Jesus no lar,
E na mansão de glória, com Ele então reinar!


De Benjamin, disse: “Todo o dia o Senhor o protegerá, e ele descansará nos seus braços” Deuteronômio 33.12. De Aser, disse: “O Deus eterno é a tua habitação, e por baixo de ti estende os braços” Deuteronômio 33.27.

O hino de que vamos falar é o fruto de uma vida consagrada ao Senhor. Uma vida de alegria e gozo, é a demonstração mais eloqüente do que o Senhor pode fazer com uma pessoa que, mesmo fraca e deficiente, descansa nEle e vence para honrá-Lo.

Trata-se da famosa serva de Deus que viveu entre os anos 1820 e 1915, Fanny Jane Crosby. Bem cedo, com apenas seis semanas de vida, ficou completamente cega devido a um engano do médico que a tratou. Por isso, nunca chegou a apreciar, com os seus olhos, as belezas do mundo criado por Deus.

No entanto esta aflição serviu apenas para a introduzir num mundo novo onde encontrou, mais tarde, Cristo, seu grande Amigo e Guia.

Bem cedo, também, demonstrou seus dotes poéticos, compondo, aos oito anos de idade, sua primeira poesia, a qual revela o seu contentamento e confiança em Deus, mesmo na adversidade.

Anos mais tarde começou a escrever hinos sacros, por sugestão do célebre compositor musical, W.B. Bradbury, e dai por diante escreveu tantos hinos que não se sabe, ao certo, o seu verdadeiro número; sabe-se, porém, que somam muito mais de 8.000.

Fanny escrevia os hinos com tanto rapidez que em certa ocasião, estando com o Sr. William H. Doane, também compositor de música de muitos hinos, este lhe disse; “Tenho uma música que gostaria que ouvisse”, e assim ele a tocou, ela exclamou: “Ora, isso está dizendo: ‘Salvo nos braços de Jesus’!” Ausentou-separa outra sala e, dentro de poucos minutos, regressou pronunciando as palavras originais do lindo hino acima.

Assim, aquela ceguinha, graças à sua disposição alegre, e pela confiança que havia posto em Jesus, “não chorava nem se lamentava por ser cega”, antes tem servido de inspiração a milhões de pessoas, induzindo-as a levarem vidas úteis e alegres.

Fonte: Publicado originalmente em: http://www.refrigerio.net/hinos20.html


Veja a partitura cifrada deste hino

Veja este hino também no Ministério Cristo Vai Voltar