Histórias de Hinos do Hinário Adventista – Nr. 054

A Doce História

Letra: Arabella Katherine Hankey (1834-1911)

Título Original: I Love to Tell the Story

Música: William Gustavus Fisher (1835-1912)

Texto Bíblico: Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e esmagado por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. (Isaías 53:5)


Acompanhe o hino no Youtube


1. Alegro-me em proclamar a história de Jesus,
Que veio lá da glória, morrer na amarga cruz!
Sim, quero proclamá-la, pois ela satisfaz
Anseios de minh’alma, e enche-me de paz.

Coro:
Oh! doce e bela história
De Cristo, o Salvador!
De Sua eterna graça,
De Seu imenso amor!

2. Desejo sempre repetir a história desse amor;
Que trouxe nova vida. Oh! glória ao Salvador!
E Cristo ainda hoje, com terna compaixão
Procura pecadores e dá-lhes o perdão!

3. Sim, dessa história vou falar pra sempre, com fervor,
Pois muitos inda vivem nas trevas e na dor.
E mesmo lá na glória, no bom e eterno lar,
Tão linda e doce história eu hei de celebrar!


Arabella Katherine Hankey nasceu em Clapham, Londres, Inglaterra em 1834. Era ativa na Escola Dominical e no trabalho da desde seus primeiros anos. A evidência de seu profundo interesse e solicitude pelos outros pode ser vista imediatamente. Por exemplo, antes de atingir os vinte anos de idade, Kate dirigiu uma grande classe bíblica para moças. Afeiçoou-se tão profundamente às suas alunas que por mais de cinqüenta anos manteve contato com muitas delas. Muitas vieram de grandes distâncias para assistir ao seu funeral – cinqüenta anos depois de haver lecionado para elas.

A letra deste hino é parte de um longo poema intitulado “A Velha, Velha História“, escrito em 1866. A primeira parte é um poema de cinqüenta estrofes, intituladas “A História Desejada“, com data de 29 de janeiro de 1866. A segunda parte é intitulada “A História Contada“, com data de 18 de novembro de 1866. A autora contraiu uma grave enfermidade pouco antes de compor o poema e passou os longos dias de convalescença escrevendo o poema.

A srtª Hankey conta: – “Escrevi a primeira parte perto do fim de janeiro de 1866. Estava adoentada naquele tempo, justamente me restabelecendo de uma severa enfermidade, e a primeira estrofe indica realmente meu estado de saúde, pois estava completamente fraca e cansada. Quando escrevei a primeira parte, eu o pus de lado, e apenas no mês de novembro do mesmo ano completei o poema todo.”

Certos versos foram selecionados da segunda parte para criar o hino “A Doce História”, cuja melodia foi composta por W. G. Fischer. Este hino tornou-se muito popular e foi traduzido para vários idiomas. Este e outros hinos da autora foram publicados periodicamente de diferentes formas, às vezes acompanhados por melodias compostas por ela mesma.

Muitos de seus hinos podem ser encontrados em um pequeno volume que ela publicou em 1870, intitulado De Coração para Coração. Muito poucos dos hinos compostos nos últimos cinqüenta anos têm sido tão caros aos corações das pessoas, moços ou idosos, quanto este cântico simples.

Fonte: CyberHymnal


Veja a partitura cifrada deste hino

Veja este hino também no Ministério Cristo Vai Voltar