A Adoração – Parte 10

A Adoração, Livros Online — 9 de julho de 2013 19:42

por: Natán Hege

Adoremos Pela Eternidade

“Depois destas coisas olhei, e eis aqui uma multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as nações, e tribos, e povos, e línguas, que estavam diante do trono, e perante o Cordeiro, trajando vestes brancas e com palmas em suas mãos; E clamavam com grande voz, dizendo: Salvação ao nosso Deus, que está assentado no trono, e ao Cordeiro. E todos os anjos estavam ao redor do trono, e dos anciãos, e dos quatro animais; e prostraram-se diante do trono sobre seus rostos, e adoraram a Deus.” (Apocalipse 7:9-11)

Algum dia cada um de nós se levantará de seus joelhos pela última vez. Algum dia as notas de nosso último canto cessarão. Algum dia cada um de nós sairá pela porta da igreja pela última vez, porque sabemos que todos nós somos finitos e morreremos.

Na eternidade veremos a Deus como Ele é

“Porque agora vemos como por um espelho, de modo obscuro, mas depois veremos face a face. Agora conheço em parte, mas depois conhecerei plenamente, assim como também sou plenamente conhecido” (I Coríntios 13:12).

Quando Deus, através da ressurreição, nos transportar para Seu reino, então veremos claramente a Sua glória e o Seu poder e entenderemos perfeitamente o quanto Ele é digno de nossa adoração. A natureza carnal, que por tanto tempo escureceu nossa visão, terá desaparecido.

“Amados, somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando Ele se manifestar, seremos semelhantes a Ele, pois o veremos como Ele é” (I João 3:2).

Na eternidade, estaremos livres para adorar

Na eternidade, não teremos mais que lidar com as frustrações do tempo. Nenhuma interrupção vai atrapalhar o nosso cântico. Nunca mais nos sentiremos ansiosos por achar outra oportunidade de adorarmos. Nunca teremos que esperar para adorar nem teremos que apressar a adoração.

No céu nunca dormiremos enquanto tentamos adorar. Além disso, lá nunca mais nos faltará o fôlego, nem nos atacará o soluço ou a tosse no meio de um hino. As emoções não mais nos distrairão nem nos enganarão. Nossa adoração poderá fluir livremente. Estaremos livres para sempre das mentiras do diabo e das coisas que ele usava para impedir a nossa adoração. Sem distrações, iremos adorar àquele de quem nasceu a vida humana na alvorada do tempo.

O que significará a adoração na eternidade

Em muitos aspectos, a adoração no céu será semelhante à nossa adoração aqui na terra. Afinal, adoração continua sendo adoração.

No céu, adoração significará inclinarmo-nos diante da bondade, da soberania e da majestade do Criador. Significará que aquelas pessoas que voluntariamente escolheram prostrar suas vontades em serviço a Deus neste mundo, continuarão a prostrar-se diante dEle por toda a eternidade. Isso destaca a importância de nos prostrarmos perante Ele em adoração agora.

“Então, o anjo mostrou-me o rio da água da vida, claro como cristal, que saía do trono de Deus e do Cordeiro, no meio da praça da cidade. De ambos os lados do rio estava a árvore da vida, que produz doze frutos, de mês em mês; e as folhas da árvore são para a cura das nações. Ali jamais haverá maldição. Nela estará o trono de Deus e do Cordeiro; Seus servos o servirão e verão a Sua face, e na testa deles estará o Seu nome. Não haverá mais noite, e não precisarão de luz de lâmpada nem da luz do sol, porque o Senhor Deus os iluminará, e eles reinarão pelos séculos dos séculos” (Apocalipse 22: 1-5).


Para meditar:

Você compreende que estava perdido e compreende como Deus foi bom em resgatar você, e que por causa disso você escolhe adorá-Lo para sempre?


Fonte: Hege, Natán – A Adoração – Publicadora Lâmpada e Luz, Farmington, New Mexico, EUA (2008) – Traduzido por: Eduardo Vieira da Silva

Sintetizado e adaptado especialmente para o Música Sacra e Adoração pela Profª Jenise Torres em Julho de 2013


Voltar ao Índice

Tags: , ,