Pergunta 44: O que faz mal à voz?

Diana Goulart: Vejamos alguns fatores que costumam agredir a voz e algumas sugestões para tentar minimizar seus efeitos nocivos.

Cantar por um longo tempo sem preparação vocal adequada

Shows muito longos, com muita coreografia, ou bailes que duram quatro horas ou mais exigem muito da voz. É fundamental estar bem preparado vocalmente para enfrentar tamanha jornada de trabalho.

Como se preparar? Com exercícios vocais regulares e com hábitos saudáveis para a voz. Não se esqueça: antes de subir ao palco, faça um aquecimento vocal. Não se esqueça de ter sempre à mão uma garrafinha de água sem gás em temperatura ambiente. Proteja sua voz!

Amplificação insuficiente para a voz

Você será obrigado a fazer muito esforço para se ouvir e ser ouvido. Isso, evidentemente, é péssimo. Converse com o técnico de som para buscar uma solução. Se puder, compre seu próprio equipamento. É fundamental que você se ouça, pois sem monitoração adequada você não pode saber nem mesmo se está afinado!

Arranjos feitos sem levar em conta a sua extensão vocal

Você fica obrigado a cantar em tons não apropriados para a sua voz. Isso também gera esforço vocal. Converse com o arranjador. Leve uma gravação sua, mostrando como sua voz fica mais interessante num tom confortável.

Ambiente desconfortável

Muito frio, muito calor, vento, fumaça de cigarro, local barulhento… tudo isto pode arruinar sua voz. É importante saber, de antemão, se o lugar tem ar condicionado muito forte (leve um agasalho), ou se faz um calor escaldante (use roupas leves, prenda o cabelo). Faça o possível para se precaver, e procure fazer um relativo repouso vocal no dia seguinte.

Como você pode ver, mesmo quando os problemas não dependem só de você, é possível encontrar alguma forma de resolvê-los ou de neutralizar os seus efeitos. Faça a sua parte!


Voltar para o Índice de Perguntas e Respostas sobre Canto


Diana Goulart é professora de Canto, fonoaudióloga, pesquisadora do canto e palestrante sobre diversos temas ligados à voz e ao canto. Para informações mais detalhadas, visite http://www.dianagoulart.com.br


Veja nota dos editores do Música Sacra e Adoração