Estudos Bíblicos: Adoração – Lição 04 – Alegria Diante do Senhor: Santuário e Adoração

Esquema para Apresentação da Lição

Pr. David Thomas


Textos: Êxodo 25:1-22; Êxodo 29:38-39; Êxodo 35; Deuteronômio 12:5-7; Deuteronômio 12:12; Deuteronômio 12:18; Deuteronômio 16:13-16


Um dos elementos principais do Antigo Testamento, principalmente em seus estágios iniciais, é o surgimento de uma tenda chamada de “Tabernáculo”, com suas várias cerimônias, ofertas e rituais. Este santuário do Antigo Testamento tem muito a nos dizer a respeito da adoração e também acerca de Deus e acerca da nossa salvação ou livramento.

  • Em Êxodo 25:1-9, podemos ler a respeito das origens do santuário. Leia esta porção das escrituras e reflita sobre isto por um momento.
    • Note a intenção de Deus em ordenar que fosse construído um santuário, para que Ele pudesse habitar entre o Seu povo. É uma coisa profunda compreender que Deus, diante do pecado e seus efeitos devastadores, não partiu ou fugiu para alguma parte distante do universo. Ele construiu uma edificação que o colocava no meio do acampamento de Seu povo.
    • Que grandes lições você acha que o povo aprendeu com a presença de Deus e a função do santuário?
      • Deus está no centro da solução do problema do pecado?
      • Existe uma solução para o problema do pecado?
      • Deus não se esquivou de uma grande confusão?
    • Parte desta história envolve uma coleta de itens valiosos das pessoas, para que a habitação de Deus pudesse ser construída.
      • O que você acha de um Deus que está disposto a habitar em uma casa feita por mãos humanas?
      • Você vê a autonegação como um componente da adoração?
      • Como você se compara com o antigo Israel, quando se trata de doar de maneira alegre e generosa?
  • Em Êxodo 25:22 Deus faz uma declaração explícita de que “ali virei a ti, e de cima do propiciatório … falarei contigo”
    • A linguagem relacional aqui é muito poderosa.
    • Que tipo de adoração ou devoção esta expectativa pode produzir nos adoradores?
  • Um dos rituais do santuário era o contínuo sacrifício queimado (Êxodo 29:38-39). Em português o nome deste ritual é um pouco enganoso, porque este ritual envolvia o sacrifício de um cordeiro pela manhã e outro à tarde; não era algo que acontecesse de forma contínua.
    • Que lições você consegue extrair do ritual do sacrifício?
    • Pense a respeito da natureza substitutiva destes sacrifícios. O cordeiro morre, mas o pecador fica livre.
    • Pense em todas as idéias e pensamentos que vieram à mente se Seus ouvintes, quando Jesus foi chamado de “Cordeiro de Deus”!
  • Uma das características dos rituais de adoração ligados ao santuário era um tempo de regozijo. Aparentemente, regozijar-se, celebrar, era parte da adoração.
    • Note Levítico 23:39-44, onde uma mistura de solenes eventos e celebrações são registradas.
    • Deuteronômio 12:5-7 expressa sentimentos semelhantes.
    • Como você acha que o regozijo e a celebração deveria aparecer nos cultos de adoração atuais?

Fonte: Good Word


Índice Geral por Tema

Índice Geral por Autor