A Mensagem Subliminar na Música

Mensagens Subliminares 4 de julho de 2012 1:10 am

por: Elias Pinheiro

A Mensagem Subliminar na música (I parte)

Antes de focarmos nosso estudo sobre a mensagem subliminar na música, temos que ter uma visão geral do que seria a mensagem subliminar, onde ela é encontrada, de como atua no cérebro humano, e como se previnir deste mal que esta tomando conta de nossos lares e nossas vidas.

O que é?

A psicologia é quem melhor define Subliminar: – Qualquer estímulo produzido abaixo do limiar da consciência, e que produz efeitos na atividade psíquica ou mental. A Mensagem Subliminar é dotada de uma arte a mais. A arte da persuasão inconsciente. Ela trabalha com o subconsciente das pessoas. Dá-se o nome de mensagem ou propaganda subliminar toda aquela mensagem que é transmitida em um baixo nível de percepção, tanto auditiva quanto visual. Embora não possamos identificar esta absorção da informação, o nosso subconsciente capta-a e ela é assimilada sem nenhuma barreira consciente, e aceitamo-la como se tivéssemos sido hipnotizados. Por definição, subliminares são as mensagens que nos são enviadas dissimuladamente, ocultas, abaixo dos limites da nossa percepção consciente e que vão influenciar nossas escolhas, atitudes, motivar a tomada de decisões posteriores. Subliminares são mensagens que entram na nossa mente de contrabando, como um vírus de computador que fica inerte, latente, e só é ativado na hora certa.

De Raquel Braz Ribeiro (Trabalho acadêmico da cadeira de Comunicação Comparada do Centro Universitário Feevale – Novo Hamburgo – RS)

Onde elas estão?

Elas estão em todo lugar. É isso mesmo que você leu!!! – Em todo lugar. As mensagens subliminares, ou ocultas estão inseridas na mídia em geral, ou seja, na televisão, música, nos outdoors, em fim… todos os lugares de onde você recebe algum tipo de informação audio-visual, inclusive recintos e paisagens.

Objetivo das mensagens

O objetivo destas mensagens é: Controlar a mente humana. As inserções de imagens, palavras, ícones ou idéias não podem ser percebidos pelo consumidor em um nível normal de consciência, portanto não lhe é dada a opção de aceitar ou rejeitar a mensagem, como acontece com a propaganda normalmente.

Mas nem toda mensagem é criada com fins maléficos. Existem empresas onde é adotado um pequeno aplicativo que emite uma mensagem periodicamente nos monitores dos computadores de seus funcionários do tipo: “Trabalhe mais rápido!”, para aumentar a produtividade dos empregados. Ela é emitida tão rapidamente que eles nem percebem!

Também supermercados instalam som ambiente com frases “sou honesto” e “roubar é errado”, a fim de reduzir os índices de furtos entre os clientes, e bancos agem de forma semelhante para estimular aplicações financeiras.

Pouca gente sabe mas o primeiro filme da série “Star Wars” foi patrocinado pela IBM, em troca divulgaram o nome da empresa subliminarmente. Pergunto… Qual o nome daquele computador que aparece diversas vezes no filme? HAL-> que são as letras que antecedem IBM (*) .

Ou há ainda o caso da “Coca-Cola“. A empresa usa as cores da logomarca não é por a caso! A cor preta indica: Abafado, quente. O Vermelho a agitação. Somando agitação em um dia quente temos o que? – Sede!

Pode fazer o teste, olhe para a logomarca num dia quente e a mesma logo num dia frio para você perceber como sua reação é diferente!

Mas não deixe de raciocinar que isto fere um princípio divino, chamado de livre arbítrio. Ou seja, Deus que é Deus, não obrigou o homem a seguir os seus caminhos, antes, propôs-lhe que optasse ou pelo bem ou pelo mal. Você pode consultar as leis de Moisés, que constituem ainda uma das bases do Direito até os dias de hoje. As sociedades modernas vivem enganadas com a pseudo ilusão de que tem o controle de todas as coisas, e que todas as coisas podem ser controladas. Tudo isso em verdade são fantasias, reforçadas inconscientemente através de um bombardeio de mais de 100 mil fixações por dia.

A origem

O registro escrito mais antigo sobre influência subconsciente, que se conhece está escrito, por mais incrível que pareça, no livro de Gênesis, escrito por Moisés (primeiro livro da Bíblia), onde lemos a história entre Jacó e seu tio Labão.

Jacó, após trabalhar vários anos de graça para ele, faz um acordo aparentemente inviável e totalmente favorável a seu tio, No contrato constava que toda cria do rebanho sob seus cuidados que nascesse listrada, salpicada e malhada seria sua, como forma de salário e todas de peles lisas continuariam de Labão.

Dada a dificuldade de ocorrerem estes casos, Labão que era seu sogro, aceita prontamente a proposta. Jacó, inspirado divinamente, coloca nos bebedouros e nas bicas de água, varas de álamo, aveleira e castanheiro, descascadas de tal forma, que aparecia a parte clara dos caules em forma de listras, malhas, etc.

“E concebia o rebanho diante das varas, e as ovelhas davam crias listradas, salpicadas e malhadas”.

Ou seja, ao beber água, as ovelhas via a imagem das varas se refletindo na água, e essa imagem, ficava registrada nos seus subconscientes repetidas vezes durante o dia; esses estímulos subliminares, eram remetidos diretamente ao ventre das fêmeas, interferindo na formação genética dos embriões. Jacó, usando dessa técnica tornou-se um dos homens mais prósperos da época.

A Mensagem Subliminar na música (II parte)

Os sons subliminares são muito usados no cinema para se conseguir um estado alterado de consciência ou para se conseguir o efeito desejado em determinadas cenas, semelhantes às sugestões pós-hipnóticas.

Antes prosseguir em nosso estudo, gostaria de relembrar de que o objetivo deste estudo, não é abordar a música como arte, mas sim, a música como energia literal, que é capaz de trazer consigo informações que podem influir na construção do caráter da pessoa, para melhor ou pior.

Toda pessoa que se dispõe a estudar e tentar decifrar os textos das diversas canções, verá que de modo geral a reação das pessoas são quase sempre os mesmos:

1. revolta contra os pais que alertam os filhos;
2. contra a pessoa que estudou e divulgou o resultado de seus estudos;
3. revolta contra que existe.

Digo isso por experiência própria; e até pessoas próximas a mim tentaram me incentivar a desistir de tudo, com a suposta idéia que minha mente seria dominada, ou acabaria ficando louco, coisas desse tipo.

Amados, sei que esses conselhos que recebi foram de pessoas que querem meu bem, mas também sei que quem mais estava interessado em que esse estudo não fosse concluído foi o “inimigo”, pois para ele importava que você e sua família continuasse na obscuridade; sem notar o mal que nos cerca. Vou continuar sim, enquanto Deus permitir, estarei estudando e tentando alerta-los sobre esse mal que esta tão presente em nosso meio.

Violação da consciência

Exemplos:

A canção dos Beatles do ano de 1968: “The Devil’s White Album” (“O Álbum Branco do Diabo”). Esse foi o primeiro disco em que se transmitiu sinais ocultos através do inconsciente, para comunicar o “evangelho de Satanás”.

Rolling Stones, The Who, Black Sabbath, Led Zeppelin, Kiss (abreviatura de “Knights in Satan’s Service”- “Cavaleiros a Serviço de Satanás”) em uma música, cujo título é: “She is Satan’s Daugther” – tradução: “Ela é filha de Satã”. Estes dentre outros grupos continuam a usar a sua música como um instrumento para injetar mensagens satânicas dentro do seu lar.

Incentivação a libertinagem, liberação de todos os impulsos sexuais levando à perversão à destruição físico-mental, moral e espiritual, drogas, distúrbios mentais, depressão, desvios de conduta e sexuais, homossexualismo, agressividade, violência, suicídio, assassínio, ruína interior, degradação humana e satanismo.

No início de 1982, o grupo de rock Led Zeppelin foi condenado por um tribunal da Califórnia por causa da influência exercida com mensagens satânicas ocultas no disco: “Stairway to Heaven”. O seu texto era: “It’s a feeling I get, when I look to the west” e “Mu spirit is crying for leaving”. Esse texto, na versão invertida é: ‘I have got to live for Satan’. (“Tenho que viver para Satanás”). “Sim ao diabo, não tenhas medo do diabo, não sejas um idiota. Quero que o Senhor caia de joelhos diante do diabo”.

Um compositor americano informa: “Escolhi o grupo de hard rock ‘ACDC’, porque essa abreviatura significa: “Anticrist, death to Christ” (“Anticristo, morra Cristo”). E esse grupo canta em louvor dos sinos do inferno: “Hells Bells”.

Outros textos invertidos do grupo Kiss: “Unifica-te, funde! Se me amas, corta-te! O próprio diabo é teu deus!”

Black Sabbath: “Jesus, tu és repugnante!” e “Toma tua marca e vive!” – que refere-se ao número 666, o ‘sinal da besta – o anticristo, gravado na capa do disco com um relâmpago diabólico.

Wicca

Existe nos EUA e em nível internacional uma associação denominada “Wicca” – Associação de Mágicos e Feiticeiros, que possuem três gravadoras. Cada disco tem a tarefa de contribuir para a destruição moral e a ruína interior dos jovens de hoje. Eles praticam na gravação dos discos uma espécie de culto ao diabo e consagram-se à pessoa do diabo.

Os Rolling Stones, por exemplo, pertencem a uma seita de adoradores do diabo da região de San Diego. Um outro grupo conhecido, “Garry Funkell”, também produz a mesma espécie de música. Essa associação estabeleceu como objetivo divulgar especialmente discos de orientação ideológica que leva a juventude ao satanismo.

As mensagens subliminares transmitidas pela música, não são percebidas pelos sentidos exteriores, e dessa forma não existe nenhuma possibilidade de defesa contra esse tipo de agressão. Mas o subconsciente tem condições de decifrar essas mensagens, influenciando a consciência através da memória.

Como as mensagens são transmitidas?

Essas mensagens em palavras são transmitidas pelo “reverse-masking-process”, ou seja, de trás para diante. Elas tornam-se imediatamente compreensíveis se tocarmos a música de trás pra frente.

Além disso, utiliza-se conscientemente volume de sete decibéis acima da tolerância do sistema nervoso. Isso é exatamente calculado: quando os jovens ficam expostos a essa música durante um determinado tempo, surge uma espécie de depressão, revolta e agressividade. Eles não sabem porque; eles imaginam que no fundo nada mais fizeram do que ouvir música. Através da excitação do sistema nervoso chegou-se a esse resultado, isto é, produziu-se uma perturbação que impulsiona as pessoas a realizarem o ‘beat’ que ouviram durante toda a noite.

A isso somam-se sinais ocultos (subliminares). Trata-se de sons muito elevados, acima do limite da percepção do ouvido humano. Trata-se de uma harmonia da ordem de 30.000 oscilações por segundo. Os ouvintes não os percebem, porque trata-se de ultra-sons. Eles causa a produção de uma substância, pelo cérebro, que tem o mesmo efeito das drogas. Trata-se de uma droga natural, produzida pelo cérebro humano. Eles sentem-se estranhos, e essa é também a intenção: despertar neles a necessidade de drogas ou continuar com as sensações existentes.

Fonte de estudo: “O Controle Total – 666″ – Win Malgo)

A Influência da Mensagem Subliminar na Música

A música é capaz de estimular todos os tipos de sentimento e emoções, como adrenalina, paz, agitação, tranqüilidade e etc. Certas música, portanto, tem o poder de formar o caráter.

“Os os vários tipos de música, baseados nos vários modos, distinguem- se pelos seus efeitos sobre o caráter – um, por exemplo, operando na direção da melancolia, outro na da efeminação, um incentivando a renúncia, outro o domínio de si, um terceiro o entusiasmo, e assim por diante, através da série”(Aristóteles).

Música, Matemática ou Física?

A música ou até mesmo um simples som pode ser transformada em números e relações matemáticas, e nos mesmos números e relações matemáticas especiais encontrados na música. A compreensão matemática da música é muito mais do que apenas materialista, acadêmica.

As vibrações dos seus acordes, em determinadas freqüências, fazem estilhaçar não só taças de cristal, mas também lustres e vidraças. Podemos afirmar que determinadas vibrações na música são usadas de maneira subliminar, visto que o ouvido humano tem um limite para captação de sons conscientes. As vibrações abaixo e acima destes limites são captadas inconscientemente provocando em algumas pessoas, dores de cabeça, sensações de mal-estar, medo, angústia, excitação ou até mesmo, uma calma aparente.

Os sons subliminares são muito usados no cinema para se conseguir um estado alterado de consciência ou para se conseguir o efeito desejado em determinadas cenas, semelhantes às sugestões pós-hipnóticas.

Prova desse poder físico que a música exerce sobre o meio é o exemplo que todos professores de física usam para ilustrar essa força: “Uma tropa de soldados marchando em uníssono, ao atravessar uma ponte. O somatório das vozes, da cadência da marcha, da altura e principalmente da freqüência dos sons, se estiverem na mesma freqüência das vibrações das moléculas da estrutura daquela ponte, podem faze-la ruir em poucos segundos. A destruição da ponte, antes mesmo dos soldados atravessá-la.

Nos Dias de Hoje…

Uma tática militar anti-guerrilha ou manifestações populares, revela a eficiência dos sons(combinados). O conjunto matematicamente combinado dos sons das botas batendo cadenciadas no chão, das vozes de comando, dos ‘gritos de guerra’, das batidas ritmadas dos cassetetes nos escudos, fazem com que um pequeno pelotão, represente de maneira inconsciente, subliminar, algo muito mais ostensivo do que é na situação real.

No caso da passagem bíblica sobre as muralhas de Jericó, como relatamos, ficou provado, após minuciosa perícia técnica das ruínas, que num determinado momento, os muros simplesmente se desmoronaram, como se tivesse havido uma grande implosão, algo místico, divino e ao mesmo tempo físico, desintegrando ou desestruturando toda harmonia que agregava umas moléculas às outras, nas bases das edificações.

Backward Masking: As mensagens invertidas

Quando Gary Greenwald começou a desenvolver estudos sobre mensagens invertidas nas músicas, empreendidos pelas Universidades de Standford e Universidade de Los Angeles, também conhecidas como ‘Backward Masking’, certamente foi chamado de louco, fanático, religioso, lunático, etc… e que o cérebro não entende as mensagens quando estão invertidas, como se pudéssemos comparar o cérebro, o melhor e mais complexo computador que existe, a um simples rim… Graças a Deus que, os estudos científicos tem conseguido mostrar, através de modernos equipamentos, que frases e até palavras são codificadas pelo cérebro, e, no exato momento que estamos falando, estas expressões já estão sendo enxertadas na fala. Já colhemos depoimentos surpreendentes de crianças que, quando estão dormindo, balbuciam palavras invertidas de músicas que ouviram durante o dia. Quando se inverte a rotação de uma fala, discurso, ou depoimento, detecta-se claramente o real significado ou sentido que gostaríamos de ter falado, mas por medo, repressão ou por um motivo alheio ao nosso consciente, não o fizemos do modo normal. É como se fosse um (moderno) detector de mentiras.

Bibliografia/Referências:

TAME, David. O Poder Oculto da Música. S.Paulo, Ed.Cultrix,1984.

ALVES, Júlia Falivene. A Invasão Cultural Norte-Americana. 17a. ed. São Paulo, Ed.Moderna, 1988.

MUGGIATI, Roberto. Rock – O Grito e o Mito. A música pop como forma de comunicação e contracultura. 4a.edição. Petrópolis, Ed. Vozes, 1983.

BRANDÃO, Antonio C. e DUARTE, Milton F. Movimentos Culturais de Juventude. 8a.ed. São Paulo, Ed. Moderna, 1990.

COSTA, Jefferson Magno de Santana; ANDRADE, Claudionor de et alii. 6a.ed. Rio de Janeiro, Edições CPAD, 1993.

Revistas:
Showbizz – Editora Azul (Várias Edições)
Bizz – Editora Azul (Várias Edições)
Metal Head – Editora Escala (Várias Edições)

Base de estudo: Estudos e pesquisas nos sites:

http://www.mensagemsubliminar.com.br/ – Professor Vicente


(*) Nota: O computador HAL é personagem do filme 2001 – Odisséia no Espaço, e não do primeiro filme de Star Wars, como citado pelo autor – Nota dos editores do Música Sacra e Adoração


Fontes: Artigos publicados em partes separadas no original. As partes foram unidas pelos editores do Música Sacra e Adoração. A seguir, deixamos os links originais:

Parte I

Parte II

Tags: