Música na Balança – Lição 7

Debate Sobre a Música na Igreja, Palestras e Sermões em Vídeo — 25 de maio de 2015 5:00 am

Uma filosofia bíblica sobre música na igreja e no lar

por: Dr. Frank Garlock and Dr. Kurt Woetzel

Atenção: É muito importante assistir cada lição deste curso na ordem correta, pois cada lição constrói sobre o fundamento da lição anterior.


Música Constrói e Música Destrói

Apresentação: Pr. Timothy L. Barrett


Acesse os vídeos das outras lições da série Música na Balança


Apostila da Lição 7
(Clique com o botão direito e escolha ‘Salvar Destino como’, para salvar o arquivo em seu computador.)


Resumo da Lição:

VII. Música Constrói e Música Destrói
     A. A Importância do Ouvir
     B. Música no Mayflower
     C. Egoísmo – Rebelião – Idolatria
     D. “Aquietai-vos”


  • “Música pode portanto enobrecer ou degradar caráter, fazer homens melhores ou piores do que são” (Julius Portney)
  • O ouvido é o principal veículo para entender e aumentar a nossa fé. (Romanos 10:17)
  • Música exerce um papel fundamental em espalhar cristianismo de “boca para fora”, filosofia anti-Deus, e estilo de vida mundano.
  • Como podemos resistir e “nadar contra a correnteza”? Isaías 51:3 aponta a parte da música que deve predominar: “A voz de melodia.”
  • Ouvir a Deus e edificar nossa fé inclui música.
  • Qual era a única parte da música que os Puritanos cantavam aos domingos? Melodia.
  • Hoje melodia (parte espiritual) e harmonia (parte emocional-intelectual) estão praticamente enterradas pelo ritmo pulsante e dominante (parte física). Hoje pessoas estão obcecadas com o físico; e a música, secular e até “sacra”, reflete esta obsessão.
  • Nas últimas décadas, nossa sociedade mudou de uma ênfase em “outros” para uma atitude mais egoísta. Pessoas querem gratificação instantânea em todos os aspectos da vida.
  • Crescimento na vida cristã não é instantâneo.
  • Ordem na música deve refletir ordem na vida cristã.
  • Qual das 3 áreas de necessidade (espiritual, intelectual / emocional ou física) pode ser satisfeita mais rapidamente? Física. A maioria da música hoje é popular porque satisfaz a necessidade que é mais facilmente e mais rapidamente satisfeita.
  • Outro silogismo: “A ênfase da maior parte da música contemporânea, sacra e secular, está no ritmo; ritmo é a parte da música que exige uma reação física; logo, a maior parte da musica de hoje em dia, secular e sacra, alimenta e satisfaz a parte egoísta, egocêntrica e de auto adoração do homem.
  • O elemento com poder de destruir vidas, famílias e nosso relacionamento com o Senhor é o mesmo que prevalece a maioria da Música Cristã Contemporânea.
  • Não devemos ter a atitude do mundo: “Eu quero e do jeito que eu gosto.”. Em vez disto devemos dizer, “Eu sou Teu, Senhor, para moldar como bem quiser. Influencie meus pensamentos e afetos, e os faça conformar com a Tua perfeita vontade.”
  • “Rock & Roll se tornou um ponto focal para rebelião, e precisa ser entendido neste contexto.” (Julius Portney)
  • Desde Elvis Presley, cantores populares tem se tornado mais do que pessoas para nos entreter.
  • “A sexualidade de Presley tinha muito a ver com seu enorme sucesso. Pessoas achavam que ele era sexual, e aqueles que gostavam desta sexualidade o apreciavam mais por isso.” (Charles Brown)
  • E como os filhos de Deus têm agido? Abraçando a música , movimentos, filosofia; imitando a atmosfera em seus shows; fazendo Ídolos de cantores de Rock “cristão”.
  • A sociedade também tem regredido ao nível de adoradores de barulho.
  • “Acabe com o deus do barulho que você vem adorando. Você pode se surpreender ao descobrir que você vai até conseguir entrar no quarto sem ligar o estéreo. Você pode até chegar a entrar no carro sem estender a mão para ligar o rádio! Eu digo, busque quietude por um tempo. Tal comodidade deve ser buscada com diligência.” (Tom Allen)
  • Em II Crônicas 15, o povo tinha caído em idolatria. Ouvindo a Palavra de Deus, Asa teve uma reação dupla – Negativo: Removeu os ídolos; Positivo (para equilibrar): Renovou o altar do Senhor. Resultado: “O Senhor lhes deu repouso ao redor”.
  • No meio de tanta confusão, secularismo, bagunça, e intranqüilidade ao nosso redor, o Senhor oferece descanso para aqueles que criam coragem para fazer a Sua vontade. Deus criou tudo na natureza para ter uma estação de descanso – estar quieto.
  • Há um tempo de “cantar com júbilo ao Senhor”, mas também há a necessidade de estar quieto diante do Senhor para uma estação de ouvir e refletir. “Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus.” (Salmo 46:10)

Fonte: Igreja Batista Emanuel de Jundiaí


Tags: ,