Adventismo Secular? – Apresentação e Introdução

Livros Online — 24 de abril de 2014 7:23 am

Apresentação

por: Pr Juan Choque Fernández, Reitor da Universidad Peruana Unión

“Adventismo secular? Em nossas mãos temos um livro que desde seu título nos leva a refletir sobre a realidade que a igreja adventista vive marcada pelo posmodernismo, a globalização e a influência das correntes socioculturais que afetam o estilo de vida de todos os cidadãos do mundo. Este é um livro que pretende responder também a uma pergunta contextual: Como entender a relação entre estilo de vida e salvação?

O Dr Canale, destacado acadêmico da Universidade de Andrews, responde a estes questionamentos, revelando as causas por trás da separação teológica e prática que existe entre o estilo de vida e a salvação. Em seguida, complementa sua posição considerando alguns fundamentos bíblicos que conduzem à conclusão de que o estilo de vida cristão diz respeito à salvação”. (p. 11)


Introdução

por: Dr. Fernando Canale (outubro 2012)

“Cristo sabia que depois de sua ascensão aos céus seus discípulos iriam viver em um mundo em transformação e por natureza hostil ao reino de Deus. Por isso orou fervorosamente ao seu Pai que os guardasse do maligno (João 17:15). Jesus também advertiu com clareza o perigo que a cultura oferece à vida cristã. Os cuidados desta vida e as riquezas deste mundo se transformam em obstáculos invisíveis e permanentes que nos distanciam de Cristo e do poder de Sua Palavra (Marcos 4:16-19). Os ‘cuidados desta vida’ têm afetado a compreensão que a Igreja Adventista do Sétimo Dia tem da salvação e do ministério pastoral? Está o adventismo parecendo-se cada vez mais com a cultura secular? Está sendo eliminada a diferença entre a igreja e o mundo?” (p. 13)

“Discussões sobre a perfeição e a justificação pela fé nos anos 70 e 80 produziram uma mudança na mentalidade dos líderes adventistas nos Estados Unidos, Austrália e Europa. Como resultado, no começo do século XXI a mensagem adventista parece ter deixado de ser o anúncio da próxima segunda vinda de Cristo e passou a ser a proclamação da salvação que Cristo obteve na cruz (justificação pela fé). Paralelamente, sutis mudanças na liturgia do culto sabático, predominantemente na área da música e mais levemente na da pregação, revelam uma abertura às culturas do mundo e um afastamento da Palavra de Deus. Esta tendência tem produzido uma convicção crescente entre os dirigentes e crentes adventistas de que o estilo de vida não está relacionado com a salvação. Em outras palavras, supõe-se que a forma em que vivo minha vida e a salvação não são uma e a mesma coisa, mas duas realidades separadas que se relacionam externamente”. (p. 14)

“Um novo legalismo invadiu a igreja a partir da ênfase na justificação pela fé, apresentada nos anos 70 e 80. Para evitar o legalismo das obras caiu-se, desde então, no legalismo da fé. Recordemos que uma fé que nos une com o perdão sem obras, no fundo, é só uma transação legal e, portanto, é um legalismo tão destrutivo como o das obras, que tanto se combate. Muitos justificam esta situação porque a veem como um permanente ‘ajuste’ ou ‘equilíbrio’ que a igreja necessita. Muito pelo contrário, creio que na realidade a igreja necessita de uma harmoniosa compreensão, articulada e coerente de toda a orientação divina sobre a salvação que encontramos na Escritura”. (p. 15)

“Este livro não surgiu de minhas aulas no Seminário ou de um projeto de investigação de um processo de questionamento espiritual, teológico e pessoal. Algumas das ideias que apresento se originaram em reflexões ocasionadas por sermões ou práticas que encontrei em igrejas às quais tive oportunidade de visitar. Outras provêm de perguntas formuladas por meus alunos. As ideias fundamentais procedem da Palavra de Deus e de Ellen White. Contudo, tudo isto existia em minha mente como um todo desorganizado sem expressão clara ou sistemática. Ocasionalmente algumas ideias sobre o tema central deste livro ‘vinham à luz’ quando, conversando com familiares, amigos ou alunos, as compartilhava em forma oral”. (p. 17)


O Dr. Fernando Canale é licenciado em Filosofia e em Teologia, doutor em Teologia (PhD em Religião), pastor na IASD desde 1985, Professor de Teologia e Filosofia no Seminário Teológico da Universidade de Andrews (Michigan, USA), autor de artigos (acadêmicos e publicações denominacionais) e autor de vários livros desde 1986 (inglês e espanhol).


Fonte: Canale, Fernando, ¿Adventismo Secular? – Cómo entender la relación entre estilo de vida y salvación – Universidad Peruana Unión, 1ª edição (Dezembro 2012)

Traduzido e sintetizado especialmente para o Música Sacra e Adoração pela Profª Jenise Torres, em Março de 2014


Próxima Parte Voltar ao Índice

Tags: , ,