Histórias de Hinos do Hinário Adventista – Nr. 564

Jamais se Diz Adeus Ali

Letra: Anzentia Igene Perry Chapman (1849-1889)

Título Original: We’ll Never Say Goodbye

Música: John Harrison Tenney (1840-1918)

Texto Bíblico: Pois eis que eu crio novos céus e nova terra; e não haverá lembrança das coisas passadas, nem mais se recordarão: Mas alegrai-vos e regozijai-vos perpetuamente no que eu crio; porque crio para Jerusalém motivo de exultação e para o seu povo motivo de gozo. E exultarei em Jerusalém, e folgarei no meu povo; e nunca mais se ouvirá nela voz de choro nem voz de clamor. (Isaías 65:17-19)


Acompanhe o hino no Youtube


1. Quão bom, amigos meus, é termos encontro aqui feliz,
Mas sempre vem a hora triste em que adeus se diz.

Coro:
Jamais se diz adeus ali,
Jamais se diz adeus;
No eterno lar de amor e paz,
Jamais se diz adeus;

2. Quão doce é lembrarmos que quando Cristo aqui voltar,
Nós juntos viveremos pra nunca mais nos separar.

3. Não mais teremos dor e nem despedida lá no lar,
Mas grata união e paz iremos pra sempre desfrutar.


Olá!

Infelizmente, ainda não possuímos em nossos arquivos a história do hino que você procura.

Ficaríamos muito felizes em contar com a tua colaboração caso encontre ou tenha acesso, de alguma forma, à história deste hino. Qualquer colaboração neste sentido será muito bem recebida. Entre em contato conosco.

Enquanto isso, sinta-se à vontade para pesquisar o material que publicamos sobre Música Sacra e Adoração, seguindo os links disponíveis. Caso prefira verificar as histórias de hinos que já temos disponíveis, clique aqui.

Agradecemos a tua visita!

Os editores.


Veja a partitura cifrada deste hino

Veja este hino também no Ministério Cristo Vai Voltar