Histórias de Hinos do Hinário Adventista – Nr. 462

Jóias Preciosas

Letra: William Orcutt Cushing (1823-1902)

Título Original: When He Cometh

Música: George Frederick Root (1820-1895)

Texto Bíblico: Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que converterem a muitos para a justiça, como as estrelas sempre e eternamente. (Daniel 12:3)


Acompanhe o hino no Youtube


1. Eis que Cristo vem à Terra em busca das jóias,
Suas jóias mui preciosas de muito valor.

Coro:
Como estrelas na aurora brilhando em glória,
Na coroa de Cristo pra sempre estarão.

2. Vem buscá-las, vai levá-las ao reino celeste,
Suas jóias resplendentes de muito valor.

3. Os meninos e as meninas que seguem a Cristo,
São-lhe jóias, ricas jóias, de muito valor.


Este cântico, escrito pelo Rev. W. O. Cushing e musicado por G. F. Root, é um dos mais populares cânticos infantis, no mundo. Ele escreveu vários cânticos, entre os quais os mais populares são:”Hiding in Thee” (Escondido em Ti) e There’ll be no Dark Valley” (Não Haverá Vale Escuro).

O Rev. William Orcott Cushing nasceu em Hingham Center, Massachusetts, em 1833 e converteu-se quando ainda criança. Entrou para o ministério e continuou aí por muitos anos,até que perdeu parcialmente a voz. Isto fez com abandonasse o púlpito, mas a oração feita por ele; -Senhor, dá-me ainda algo que eu possa fazer para Ti!” foi respondida de maneira maravilhosa, e ele pode escrever cânticos para crianças, muitos dos quais tem abençoado milhares de pessoas através do mundo, a quem sua voz de pregador nunca haveria alcançado.

“Jóias” se alinha com “Vinde Meninos” (HASD 458), e “I Am So Glad That Jesus Loves Me” (Sou Tão Feliz Por Jesus Me Amar), os dois mais populares cânticos para crianças, no mundo. O Rev. Cushing morreu em 1902.

Ira David Sankey, conhecido hinista americano, diz em seu livro My Life and the Story of the Gospel Hymns (Minha Vida e a História dos Hinos Evangélicos):

Quando um ministro retornava da Europa, em um vapor inglês, visitou a terceira classe, e após um pouco de conversa amistosa, propôs que, se houvesse algo que todos conhecessem se cantasse pois, havia centenas de imigrantes de quase todas as partes da Europa.

-“Então terá que ser um melodia americana” disse o encarregado da terceira classe; “tente ‘Jóias’.”

O ministro começou a melodia com as palavras: “Eis que Cristo vem à terra,” e centenas de pessoas, pobres e mal alimentadas uniram-se a ele. Muitos, e centenas mesmo, provavelmente, reconheceram a música da velha canção, e outros talvez se lembrassem de haver ouvido esta doce melodia tocada na torre da igreja, em suas terras. Mas outras vozes se uniram, masculinas e femininas, acompanhando a melodia, e às vezes a letra, as palavras eram fáceis e repetidas – e o volume do cântico aumentou, até que o ministro se viu em meio a um concerto internacional, o mais singular por ele já dirigido. (Theron Brown’s Story of the Hymns and Tunes).

George Frederick Root, doutor em Música, autor da melodia, nasceu em Sheffield, Massachusetts, em 1920 e morreu em 1895.

Fonte: Histórias de Hinos e Autores – CMA – Conservatório Musical Adventista


Veja a partitura cifrada deste hino

Veja este hino também no Ministério Cristo Vai Voltar