Histórias de Hinos do Hinário Adventista – Nr. 457

Sim, Cristo me Ama

Letra: Anna Barlett Warner (1820-1915)

Título Original: Jesus Loves Me

Música: William Batchelder Bradbury (1816-1868)

Texto Bíblico: Como o Pai me amou, assim também eu vos amei; permanecei no meu amor. (João 15:9)


Acompanhe o hino no Youtube


1. Cristo tem amor por mim,
Com certeza eu creio assim;
Por amor de mim morreu,
Vivo está por mim no Céu.

Coro:
Sim, Cristo me ama,
Sim, Cristo me ama,
Sim, Cristo me ama,
A Bíblia assim me diz.

2. Sim, Jesus me tem amor,
E Se fez meu Salvador;
Hoje ainda tem prazer
De crianças receber.

3. Por gozar Seu rico amor,
Hei de amar meu Salvador,
E desejo aqui mostrar
Seu amor tão singular.

4. Meu Jesus comigo está,
E afinal me levará
Para o lindo Céu de luz,
Pois me resgatou na cruz.


Anna Barllet Warner, e sua irmã Susan, escreveram um romance intitulado, Say and Seal,( Dizer e Selar) em 1859, publicada em 1860. Num ponto da história, um menino doente está sendo confortado por seu professor da Escola Dominical. Ele toma a criança nos seus braços. Quando o menino lhe pede para cantar, ele canta um novo hino, escrito por Anna, um hino que mais tarde seria cantado e amado por crianças em todos os continentes do globo:

Anna Barllet Warner (1820-1915) nasceu em Long Island, Estado de Nova Iorque. Morou com o seu pai, o advogado Henry W. Warner, e sua irmã Susan, uma famosa autora, na ilha Constitution perto da Academia Militar West Point. Embora Anna nunca alcançasse a fama literária da sua irmã, escreveu diversos romances sob psedônimo de Amy Lothrop. Publicou também dois volumes de poesia. Anna e Susan mantiveram classes de Escola Dominical na Academia por muitos anos. O seu lar, chamado Good Crag ( Bom Rochedo), foi doado à Academia e transformado em patrimônio nacional.

Stuart Edmund McNair, dedicado missionário inglês, que nunca se casou, mas teve particular amor pelas crianças, traduziu este hino e publicou-o no hinário Hinos e Cantos Espirituais, do qual foi editor por longos anos

O compositor, William Batchelder Bradbury, nascido em Montclair, Estado de Nova Jersey, EUA, em 6 de outubro, 1816, mudou-se com a família para Boston, Estado de Massachussetts, em 1830. Lá, ele estudou na Academia de música de Boston e cantou no coro da igreja “Bowdoin Street”, ambos dirigidos pelo Dr. Lowell Mason, o célebre músico, educador e compositor.

Bradbury serviu como organista e dirigiu classes de canto em igrejas da cidade de Nova Iorque, de 1840 até 1847, quando levou sua família à Europa. Lá estudou com Wenael, Boehm e Hauptmann, em Leipzig. Voltando a Nova Iorque em 1847, dedicou o seu tempo em ensinar, conduzir convenções musicais e editar livros. Juntamente com Lowel Mason, Bradbury incentivou o estudo de música nas escolas publicas. Também fundou a companhia de pianos Bradbury em sociedade com seu irmão.

Entre 1854 e 1867, Bradbury ajudou a publicar 59 coletâneas de música sacra e secular. Entre as mais importantes estão O Coro Jovem, O Salmista, e a Coletânea Mendelssohn.

Bradbury, ” o hinista mais importante e prolífico do seu período”, aplicou nas suas melodias, como também faziam outros músicos americanos contemporâneos, artifícios usados pelos mestres europeus. Algumas vezes, ele fazia adaptações de melodias de Beethoven, Handel, e outros compositores clássicos. As melodias de Bradbury se destacavam por fluírem bem, sendo assim fáceis de serem cantadas.

Outra contribuição de Bradbury, que afetaria a hinodia mundial de uma maneira marcante, foi procurar uma famosa poetisa cega, chamada Fanny Jane Crosby, e convidá-la a contribuir com hinos para a sua publicadora. Falando desse encontro, Fanny diria: ” Parecia que o grande trabalho da minha vida havia começado”.( trabalho este que resultaria em 9.000 hinos).Os dois passaram a trabalhar em feliz parceria até a morte de Bradbury em 1868.

Bradbury compôs a música CHINA para este texto, e adicionou as palavras do refrão. Publicou o hino no seu hinário para a Escola Dominical, Golden Shower (Chuva de Ouro), em 1862. Porque missionários na China contaram que este hino era favorito entre as crianças da China, o nome CHINA foi dado à melodia


Veja a partitura cifrada deste hino

Veja este hino também no Ministério Cristo Vai Voltar