Histórias de Hinos do Hinário Adventista – Nr. 229

Teu Coração em Paz

Letra: Lizzie Douglas Foulks DeArmond (1847-1936)

Título Original: If Your Heart Keeps Right

Música: Bentley DeForrest Ackley (1872-1958)

Texto Bíblico: Muita paz têm os que amam a tua lei, e não há nada que os faça tropeçar. (Salmo 119:165)


Acompanhe o hino no Youtube


1. Vindo sombras escuras nos caminhos teus,
Oh, jamais desanimes, canta um hino a Deus.
Cada nuvem escura um arco-íris traz,
Quando em teu coração reinar perfeita paz.

Coro:
Se teu coração estiver em paz,
Bem contente e alegre sempre te acharás;
Se teu coração estiver em paz,
Verás que um arco-íris,
Cada nuvem traz.

2. Se o viver é de lutas, cheio de amargor,
Mostra afeto aos aflitos, age em seu favor,
E de tudo o que sofres esquecer-te-ás;
Fruirás doce calma se tiveres paz.

3. Vem, após negra noite, a aurora matinal;
Fica o céu mais brilhante após o temporal.
A esperança não percas, pois tu vencerás;
Fugirão as tristezas, se tiveres paz.


Este hino promete paz para a pessoa que está vivendo nas sombras das dificuldades, experimentando lutas, amargor, aflições e que sente que está passando por uma longa noite escura ou um forte temporal. A autora, Lizzie DeArmond (séc. XIX), pinta alguns quadros para mostrar o contraste da provação e o que o “coração em paz” pode experimentar mesmo nessa situação:

  • Sombras e nuvens escuras? Há um arco -íris.
  • Lutas, aflições? Há muitas bênçãos.
  • Temporal? Há aurora matinal.
  • Há céu mais brilhante.

Lizzie DeArmond, que morava em Swarthmore, Estado da Pensilvânia, EUA, conhecia em sua própria experiência as verdades que ela escreveu.

Sabia que nuvens podem escurecer a vida, porque tinha encontrado muitas na sua vida, passado por muitos temporais e experimentado lutas e aflições. Tinha triunfado sobre suas dificuldades, porque ela sabia que a nuvem terá um arco-íris “se o coração estiver em paz”. Do laboratório da sua própria experiência, criou esta excelente fórmula espiritual para a cura de vidas atribuladas, “o coração em paz”.

Bentley DeForest Ackley deu asas a este belo hino com sua melodia, e o hino foi apresentado durante as campanhas evangelísticas de Billy Sunday em Sacranton, Estado de Pensilvânia, em 1913. A Senhora DeArmond teve o privilégio de ouvir as grandes congregações destas conferências cantar seu hino com muita alegria. O grande evangelista-publicador Homer Rodeheaver, com quem Ackley cooperou por muitos anos, publicou-o no mesmo ano.

O tradutor do hino, o pastor e hinista Ricardo Pitrowsky, estava passando por duras provas. Descrevendo a ocasião em que este hino falou ao seu coração e ele o traduziu, disse:

“No inicio do meu pastoreado na Igreja Batista do Engenho de Dentro (de 1918 em diante) sofri ataques tremendos por agentes de Satanás com calúnias contra mim, com o propósito de forçar-me a demitir-me deste pastoreado. Entretanto, como nenhuma das acusações pode ser provada fui fortificado pelo fato de que não havia nada na minha vida que pudesse quebrar a minha comunhão com Deus. Continuei firme no meu lugar através da paz que Deus proporcionou a meu coração. Esta experiência e uma outra semelhante que acontecera com o Dr. John W. Sherpard, diretor do nosso Seminário no Rio, me incentivaram a traduzir este hino, que dediquei ao Dr. Shepard.”

Bentely DeForets Ackley (1872-1958), irmão do hinista Alfred Henry Ackley, nasceu em Spring Hill, estado de Pensilvânia. Ainda criança, aprendeu a tocar melodeon (pequeno harmônio portátil), piano, clarinete e pífaro. Como Alfred, acompanhava seu pai em viagens de ensino musical, e tocava na sua banda de 14 componentes. Em 1888, Bentley foi a Nova Iorque estudar taquigrafia. Durante seus estudos serviu como organista em igrejas daquela cidade. Em 1907, uniu-se com a equipe evangelísticas Billy Sunday – Homer Rodeheaver, viajando com eles como pianista e secretário, por oito anos.

Providenciava novos hinos para a congregação, coro e para solos. Mais tarde foi compositor e editor da Rodeheaver Publishing Company. Em 1930, Ackley encontrou-se com o pastor missionário e hinista Oswald J. Smith.Colaboraram em mais de 100 gospel songs. Ao longo dos anos, Ackley compôs mais de 3.000 melodias. Há mais de 30 delas nos hinários evangélicos do Brasil.

Em reconhecimento à contribuição deste dedicado música à música sacra, a Universidade Bob Jones lhe conferiu o Doutorado em Música Sacra (honoris causa) em 1958, pouco tempo antes do seu falecimento.

Bibliografia: Pitrowsky, Ricardo. Incentivos de Alguns Hinos quer Escrevi, monografia inédita, In: Paula, Isidoro Lessa de, Early Himnody in Brazilian Baptist Churches; Its Sources and Development, Fort Worth, TX, School of Church Music, Southwestern Baptist Theological Seminary,1985 p. 175


Veja a partitura cifrada deste hino

Veja este hino também no Ministério Cristo Vai Voltar