O Ministério Levítico e a Influência do Humanismo na Música Evangélica Contemporânea

Livros Online 4 de julho de 2012 7:06 pm

por: Rubens Ciqueira

Primeira Parte: O Ministério Levítico?

Capítulo 01: Os Levitas

Os levitas, ou filhos de Levi, eram antes uma tribo secular, mas que se tornou a tribo sacerdotal, pois deles procederam os sacerdotes (descendentes de Arão) e os levitas (os demais membros da tribo)[1] . Os descendentes de Levi descendiam de seus três filhos, Gérson, Coate e Merari. No sentido mais estrito, o termo levitas designa todos os descendentes de Levi que ocuparam ofícios subordinados ao sacerdócio, a fim de distingui-los dos descendentes de Arão, que eram os sacerdotes.

“Eleazar, filho de Arão, tomou por mulher, para si, uma das filhas de Putiel; e ela lhe deu à Finéias; são estes os chefes de suas casas, segundo as suas famílas”[2] . ” Mas, com respeito ás cidades dos levitas, às casas das cidades da sua possessão, terão direito perpétuo de resgate os levitas”[3] . ” E os filhos de Israel deram aos levitas, da sua herança, segundo o mandado do Senhor, estas cidades e os seus arredores. As cidades, pois, dos levitas, no meio da herança dos filhos de Israel, foram ao todo, quarenta e oito cidades com seus arredores”[4] .

Todavia, em um outro sentido, o termo levitas aponta para aquele segmento da tribo que foi separado para o serviço do santuário, e que atuava subordinado aos sacerdotes (“Toma os levitas do meio dos filhos de Israel e purifica-os”[5] – “Os sacerdotes, os levitas e alguns do povo, tanto os cantores como os porteiros e os servidores do templo habitaram nas suas cidades, como também todo o Israel”[6] – “Este foi o testemunho de João, quando os judeus lhe enviaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para lhe perguntarem:quem és tu?[7] ). É por isso que se lê uma expressão como “…sacerdotes e levitas…” (“E ordenaram ao povo dizendo: Quando virdes a arca da aliança do Senhor, vosso Deus, e que os levitas sacerdotes a levam, partireis vós também do vosso lugar e a seguireis”[8] – “Mas os sacerdotes levitas, os filhos de Zadoque, que cumpriram as prescrições do meu santuário, quando os filhos de Israel se extraviaram de mim, eles se chegaram a mim, para me servirem, e estarão diante de mim, para me oferecerem a gordura e o sangue, diz o Senhor Deus”[9] embora a nossa versão portuguesa diga ali, respectivamente “levitas sacerdotes” e sacerdotes levíticos”).

Os levitas serviam no caráter de representantes da nação inteira, quanto às questões de honra, privilégio e obrigações do sacerdócio. A tríplice divisão do sacerdócio era: 1) O sumo sacerdote; 2) os sacerdotes comuns; 3) os levitas. Todas três divisões descendiam diretamente de Levi. Assim, todos os sacerdotes eram levitas; mas nem todos os levitas eram sacerdotes. A ordem menor do sacerdócio era constituída pelos levitas, que cuidavam de vários serviços no santuário.

Alguns de seus deveres são descritos no livro de Êxodo que diz: “Consagra-me todo o primogênito; todo que abre a madre de sua mãe entre os filhos de Israel, tanto de homens como de animais, é meu”[10] – “Não tardarás em trazer ofertas do melhor das tuas ceifas e das tuas vinhas; o primogênito de teus filhos me darás”[11] – “Mas se for de um animal imundo, resgatar-se-á, segundo a tua avaliação, e sobre ele acrescentará a quinta parte; se não for resgatado, vender-se-á, segundo a tua avaliação”[12] – “Eis que eu tenho tomado os levitas do meio dos filhos de Israel, em lugar de todo primogênito que abre a madre, entre os filhos de Israel; e os levitas serão meus”[13] . Estas eram algumas funções dos levitas, ou seja, todo o serviço do templo, a organização e a orientação do povo dependia deles que foram separados por Deus para isso. Os filhos de Aarão, que foram separados para servirem especialmente como sacerdotes, eram os superiores dos levitas. Somente os sacerdotes podiam ministrar nos sacrifícios do altar.

Os levitas serviam ao santuário como um todo. Os sacerdotes formavam um grupo sacerdotal. Após a idolatria que envolveu o bezerro de ouro, foram os levitas que se juntaram em torno de Moisés, ajudando-o restaurar a boa ordem[14] . Desde então, eles passaram a ocupar uma posição distinta entre as tribos de Israel. Tornaram-se os guardiães do tabernáculo, e ninguém mais tinha permissão de aproximar-se do mesmo, sob pena de morte.

Desde o começo os coatitas (descendentes de Coate), por serem os parentes mais chegados dos sacerdotes, receberam os ofícios mais elevados. Eram os coatitas que transportavam os vasos do santuário e a própria arca da aliança. Um arranjo permanente foi feito, para que recebessem o sustento com base nos dízimos pagos por todo o povo de Israel. Da tribo de Levi, finalmente foram destacadas quarenta e oito cidades, seis das quais também eram cidades de refúgio. Entre as tarefas dos levitas estavam aquelas de preservar, copiar e interpretar a lei mosaica. Os levitas não foram incluídos no recenseamento geral, mas tiveram o seu próprio censo. “Foram contados os levitas de trinta anos para cima; seu número, contados um por um, foi de trinta e oito mil homens”[15] . Eles preparavam os animais a serem sacrificados, mantinham vigilância, faziam trabalhos braçais, limpavam o lugar de adoração e agiam como assistentes e servos dos sacerdotes araônicos. Alguns levitas aproximavam-se dos sacerdotes quanto à dignidade, mas outros eram poucos mais que escravos.

Terminado o cativeiro babilônico, quando o remanescente de Israel retornou a Jerusalém, não mais do que trinta e oito levitas puderam ser reunidos. A pureza de sangue deles e suas posições foram cuidadosamente preservadas por Esdras e Neemias. E, quando os romanos destruíram o templo de Jerusalém, em 70 D.C., os levitas desapareceram da história como um grupo distinto, misturando-se a multidão dos cativos e peregrinos judeus pelo mundo inteiro.

Notas:

[1] CHAMPLIN, Russel Norman, Enciclopédia de Bíblia Teologia e Filosofia vol. 3, São Paulo, Hagnos, p. 793

[2] Exôdo 6:25

[3] Levítico 25:32

[4] Josué 21:3,41

[5] Números 8:6

[6] Esdras 2:70

[7] João 1:19

[8] Josué 3:3

[9] Ezequiel 44:15

[10] Exodo 13:2

[11] Exôdo 22:29

[12] Levítico 27:27

[13] Números 3:12

[14] “E fizeram os filhos de Levi segundo a palavra de Moisés; e caíram do povo, naquele dia, uns três mil homens”. Êxodo 32. 28

[15] I Crônicas 23:3


Fonte: Publicado originalmente em http://www.textosdareforma.net


Primeira parte – Capítulo 02

Escolher outro capítulo

Tags: