Teoria Musical Online – Acordes – Acordes e as Séries Harmônicas

Em seu livro “Traité d’analyse harmonique“, o musicólogo francês Jacques Chailley, diz que é errado explicar a formação de acordes pela superposição de terças. De acordo com ele, a formação dos acordes segue inconscientemente as séries dos harmônicos.

As séries dos harmônicos são um fenômeno físico que explica o timbre dos instrumentos, entre outras coisas. Quando ouvimos um som, não estamos ouvindo somente esse som, mas também ouvimos uma série de sons intitulados harmônicos sobrepostas a esse som. Quando Dó é tomado como a nota base, a ordem dos harmônicos é a seguinte:

É assim que os acordes são criados em séries de harmônicos. Tríades surgem com o harmônico 4, acordes de sétima com o harmônico 6 e acordes de nona com o harmônico 8. Jacques Chailley argumenta que tríades e outros acordes não são formados pela sobreposição de terças, mas sim pela sobreposição dos harmônicos das séries na nota fundamental: 1 à 4 em caso de tríades, 1 à 6 em caso de acordes de sétima e 1 à 8 em caso de acordes de nona.

Embora as idéias de Chailley sejam válidas, é conveniente pensar que acordes são criados pela sobreposição de terças.


Índice de Acordes

Índice do Curso


Fonte: Music Theory Web, © de José Rodríguez Alvira
Traduzido e publicado com autorização do autor