Aula 4 – Modulação

por: autor desconhecido [*]

Modulação é o ato de se passar de uma tonalidade à outra usando para isso uma transição que não crie choques nesta mudança. È importante que se saiba que ao se modular muda-se o centro tonal da música, ou seja, os acordes passam a ter novas funções e às vezes são alterados quanto ao modo (passam de maior para menor ou vice versa).

Como eu disse, é preciso que esta transição se dê da melhor maneira, e para isso usamos de algumas técnicas – embora existam muitas; me aterei aqui à apenas duas.

1ª Usaremos, após a cadência final, a dominante do novo tom.

EX:

Do tom de Dó para Lá menor:

Do tom de Sol para Lá menor:

Do tom de Fá para Eb:

Esta é uma das formas de se fazer a modulação entre tonalidades diferentes.

A outra forma de se efetuar esta modulação é antes do V grau do novo tom, figurar um acorde comum aos dois tons.

Ex:

Estas formas se aplicam tanto em modulações passageiras quanto em modulações definitivas.

Podemos também realizar várias modulações até chegarmos ao tom desejado.

Ex:

Note que saímos de Dó Maior e passamos por várias tonalidades até chegarmos novamente em Dó Maior. Embora não tenhamos saído da tonalidade principal, este tipo de “passeio” dá coloridos interessantes ao trecho musical, enriquecendo-o e dando um novo fôlego para se repetir um determinado trecho de música.


[*] – Nota: Os editores do Música Sacra e Adoração não localizaram informações acerca do autor deste artigo. Qualquer contribuição acerca desta informação será bem-vinda.


Fonte: Scribd


Aula Anterior

Próxima Aula