Curso de Fisiologia da Voz – Parte 02

Técnica Vocal e Fisiologia 4 de julho de 2012 3:55 pm

por: Lisley Viana

Como é Produzida a Voz Humana

A produção do som depende, basicamente, de ar e da laringe, onde estão as cordas vocais. A laringe é composta por três anéis de cartilagem. Dentro destes anéis, estão as cordas vocais, que são pequenos músculos com grande poder de contração/extensão. São classificadas em verdadeiras e falsas. As verdadeiras (com cerca de 1 cm nos homens e até 1,5 nas mulheres) estão na parte inferior da laringe e as falsas na parte superior. O som da voz normal é produzido pelas verdadeiras e o falsete pelas falsas [*].

Durante a respiração, as cordas vocais permanecem abertas, enquanto que para a produção de som elas se fecham, e o ar faz pressão, causando uma vibração que produz o som.


Laringe: Cordas Vocais em movimento (vista transversal)


[*] Nota dos editores do Música Sacra e Adoração:

Estudos mais recentes e aprofundados acerca do fenômeno da emissão vocal demonstram que o falsete é produzido por estiramento das pregas vocais em seguida à inclinação da cartilagem tireóidea, que gera vibração por justaposição das pregas ao invés de por batimento.

O músculo TA (tireoaritenoideo), é o músculo da prega vocal. Para conseguirmos colocar a voz em falsete, por este som ser muito agudo, as pregas vocais devem ficar hiperalongadas e quem faz esse alongamento é outro músculo, chamado CT (cricotireoideo), que se contrai alongando o músculo vocal (TA). Assim, o CT não é o músculo que dá o som agudo (e agudíssimo), mas ele é fundamental para que este som aconteça. (voltar)


Próxima Parte

Voltar ao Índice

Tags: ,