Estudos Bíblicos: Adoração – Lição 13 – Adoração no Livro do Apocalipse

Comentários de Amarildo Martins Ferreira


Texto Central: “Entoavam novo cântico diante do trono, diante dos quatro seres viventes e dos anciãos. E ninguém pôde aprender o cântico, senão os cento e quarenta e quatro mil que foram comprados da Terra.” (Apocalipse. 14: 3)


Sábado à Tarde
Introdução

Vamos estudar esta semana a última lição da escola sabatina do trimestre. Durante estes três meses estudamos sobre a adoração e vamos fechar os estudos aprendendo um pouco mais sobre a adoração no livro do apocalipse. Apesar de ser um livro cheios de enigmas, podemos ver claramente que o tema central é sobre adoração, àqueles que adoram a besta e sua imagem e os que adoram a Deus. Este livro resume tudo o que foi estudado neste trimestre: Deus, somente Ele, é digno de nossa adoração. O Senhor seja louvado sempre.


Primeiro Dia da Semana
“Caí a Seus Pés Como Morto”
(Jó 42:1-6; Apocalipse 1:13-18)

1. Qual foi a reação de João depois de ver Jesus, conforme a descrição de Apocalipse. 1: 13-18? Por que ele reagiu dessa maneira? Como a cruz apareceu nesse episódio?

O primeiro efeito sobre os que recebiam uma visão de um ser divino revestido com toda a glória do céu era privados de sua força física. Fato que aconteceu também a Daniel. Isto acontece devido a debilidade e indignidade do ser humano pecador em contrastes com um Deus Glorioso, Santo, Puro e Poderoso. Cristo aparece em visão a João e Sua declaração faz uma referência a Sua crucifixão e morte, bem como a Sua ressurreição.

2. Leia Jó. 42:1-6. Qual é a semelhança entre a reação de Jó e a de João?

Ambos passaram a ter conhecimento do poder e das maravilhas de Deus e como resultado abominou a si mesmos, reconhecendo de maneira visível o poder e a majestade de Deus, arrependendo-se. A visão que eles tiveram induziram a rederem se a vontade divina. A entrega a Deus fez deles, não esperarem bênçãos temporárias como sinal do favor divino. A manifestação de Deus na vida dos dois fez com que nenhum argumento baseado em tradições humanas poderia realizar.


Segundo Dia da Semana
Santo, Santo, Santo…
(Apocalipse 4:8-11; Apocalipse 5:8-14; Apocalipse 7:9-12; Apocalipse 11:15-19; Apocalipse 15:1-4; Apocalipse 19:1-5)

a) Apocalipse. 4: 8-11. Deus é adorado pelo fato de trazer à existência ao universo e dar vida a suas criaturas. Não deseja o Criador estar só num universo vazio. Pareceu-lhe muito bom que o universo estivesse povoado por seres inteligentes, capazes de apreciar e refletir seu amor infinito e caráter perfeito. Este foi seu propósito ao criá-los.

b) Apocalipse. 5:8-14. Deus é adorado em virtude do sacrifício de Jesus em favor da raça caída. A adoração é digna, pois Cristo por meio de Sua morte trouxe a salvação para o homem e que por sua vez vindicou o caráter de Deus.

c) Apocalipse. 7: 9-12. Uma grande multidão é vista por João adorando ao Criador. Estes representam um grupo especial, as “primícias para Deus e para o Cordeiro, os que seguem ao Cordeiro em adoração por onde quer que vá. São santos triunfantes, adoradores de todas as épocas.

d) Apocalipse. 11: 15-19. Àquelas que adoram a deus vão ver os ímpios sendo destruídos. A sorte dos ímpios, dos que destruíram a terra física e não adoraram a Deus é a destruição a vista dos santos.

e) Apocalipse. 15: 1-4. Os adoradores verdadeiros serão coroados como vencedores da besta e vão se achar a salvos sobre o mar de vidro. A vitória é completa; a luta passou. Venceram, triunfaram, e agora entoam o canto de vitória no reino celestial.


Terceiro Dia da Semana
Apocalipse 13

a) Qual é o contexto histórico desses versos? Sobre o que eles tratam, histórica e profeticamente?

Trata-se dos poderes diabólicos que perseguiram os cristãos, durante o império romano e durante Roma papal. Profeticamente aponta para o tempo do fim, poder que vai perseguir o remanescente fiel.

b) Quantas vezes o tema da adoração aparece nesse capítulo? O que isso nos diz sobre sua importância?

Fala da adoração ao dragão, a primeira e a segunda besta. Mostra pelo texto que a adoração é o grande centro da controvérsia entre Deus e satanás.

c) Onde, nesse capítulo, é apresentado o evangelho, a salvação que nos é oferecida em Cristo?


Quarto Dia da Semana
Apocalipse 14
(Apocalipse 14:6-12)

5. Por que Apocalipse. 14: 6-12 é tão central, tão importante para os adventistas do sétimo dia? Que temas examinados durante o trimestre aparecem ali? Por que chamamos esses versos de “verdade presente?”

É importante, pois adverte as pessoas a adorarem o Criador de todas as coisas e estabeleceu o sábado como memorial da criação. Os versos falam também da redenção, do juízo e da salvação, temas que somente os adventistas têm vasto conhecimento sobre este vital assunto. Todo o assunto foca a adoração. É verdade presente porque o memorial da criação, a guarda do sábado (relacionado com a criação e adoração), tem sido por muitos trocados por outro dia (domingo), algo que desagrada a Deus. O inimigo tem usado outro dia, no caso o primeiro dia e não o último, ordenado por Deus, para que os adoradores da besta adorem este falso dia como sinal de sua supremacia.


Quinto Dia da Semana
Adore a Deus
(Apocalipse 19:10; Apocalipse 22:8-9)

[O profeta] deixa claro: “Eu, João, sou quem ouviu e viu estas coisas. E, quando as ouvi e vi, prostrei-me ante os pés do anjo que me mostrou essas coisas, para adorá-lo. Então, ele me disse: Vê, não faças isso; eu sou conservo teu, dos teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus.”Apocalipse. 22: 8-9.

6. Leia o contexto dos versos acima. Qual é a mensagem essencial sobre adoração encontrada ali?

Somente Deus é digno de nossa adoração, mesmo que seja um anjo do céu, não pode ser adorado, pois somente o Criador merece esta honra.


Sexto Dia da Semana
Estudo adicional.

Encerramos mais um trimestre e com certeza fomos agraciados em aprender tudo sobre a adoração. Deus nos abençoa hoje e sempre. Amém.


Fonte: Publicado originalmente em http://mensageirorp.com.br


Índice Geral por Tema

Índice Geral por Autor