Estudos Bíblicos: Adoração – Lição 12 – Adoração na Igreja Primitiva

Comentários à Lição de Jovens – Escola no Ar

por: Wanderley Gazeta


Texto Central: “Ainda que eu fale a língua dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine.” (I Coríntios 13:1)


Sábado
Prévia da Semana

A igreja Cristã, nos seu início, foi instruída pelo próprio Jesus. Ao preparar os doze discípulos, Jesus estava lançando a base da Sua Igreja, fundamentada nos mesmos princípios da Igreja do Éden. Na verdade, não era uma igreja nova, ou uma nova religião. Era a recuperação do verdadeiro espírito que deveria nortear os procedimentos e comportamento humano e a sua relação com Deus e com as pessoas.

A rejeição por parte da liderança de Israel suscitou a perseguição da Igreja, o que dificultou, de certa forma, a disseminação do evangelho. Mas, contraditoriamente, a perseguição fazia com que o fervor aumentasse, em vez de diminuí-lo. Porém, do ponto de vista da adoração, as restrições impostas aos cristãos não interferiram em seu relacionamento com Deus.

O intenso crescimento no número de membros da Igreja trazia consigo uma vasta variedade de nacionalidades e culturas. O principal fator que promovia a união da Igreja, com tantas diferenças, era o amor que servia como um laço que os abraçava e os mantinha em harmonia. Havia muitos problemas, sem dúvida, mas a Igreja superava a todos, pois o espírito de Deus trabalhava livremente naquele ambiente em que todos buscavam com sinceridade e consagração aproximar-se de Deus e aprender as lições deixadas por Cristo.

Jesus veio em uma época cujas normas tinham se multiplicado e tornado mais difícil o caminho de acesso a Deus. Ele se tornou no próprio caminho. O único requisito que restaurava o espírito de adoração era o amor, amor a Deus e ao próximo. Antes, a lei era observada de forma a cumprir requisitos, mas sem o verdadeiro sentido e sem dar os resultados práticos que eram o seu objetivo inicial.

Nessa semana vamos estudar alguns aspectos da adoração na Igreja primitiva que podem nos ajudar no entendimento da verdadeira dimensão da adoração.

Pense: A importância de estudarmos os movimentos da Igreja primitiva está em que devemos ter hoje o mesmo espírito que predominava nos primórdios do cristianismo.

Desafio: Quais são as principais diferenças e as principais semelhanças de hoje em relação ao passado?


Domingo
Ataque à fé

Qual a relação entre a fé e prova, no sentido de confirmação?

A lição de hoje coloca em destaque as dificuldades que os próprios discípulos tiveram quanto a entender quem realmente era Jesus e qual a sua verdadeira missão. Ela enfatiza que a igreja cristã primitiva começou a progredir apenas depois da ressurreição de Cristo. Parece que todos têm os mesmos problemas e dificuldades para acreditar nas coisas espirituais. Mesmo os discípulos tinham essa dificuldade, apesar de terem estado com Jesus por tanto tempo, terem presenciado seus milagres. Dá para perceber isso considerando o medo dos discípulos na hora em que ele foi preso. Todos fugiram…!

A sociedade da era pós-moderna enfrenta desafios crescentes que são ferramentas do inimigo para minar a fé. O próprio Jesus alertou para os problemas que seriam enfrentados no tempo do fim: “… Quando, porém, vier o Filho do homem, porventura achará fé na Terra? Lucas 18:8.

Porém, por outro lado, a ciência nos descortina maravilhas da criação que são evidências muito claras da Inteligência Criadora.

A fé faz parte da adoração, pois aquEle a Quem adoramos é espírito. A nossa adoração é pela fé, pelo que Ele criou, pelo que Ele representa para cada um de nós e para nós como comunidade, pelo poder com que Ele atuou em nossa vida e nos promete que estará conosco até a consumação dos séculos, pela sua segunda vinda, quando virá para nos resgatar definitivamente desta limitada dimensão terrena para uma dimensão plena, sem a presença e a possibilidade da existência do mal.

Portanto, a fé é componente essencial da adoração. “Sem fé é impossível agradar a Deus, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe e que é galardoador dos que O buscam.” Hebreus 11:6.

Pense: “Esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé.” I João 5:4

Desafio: Devemos guardar a nossa fé como o bem mais precioso.

Permanecendo firmes
Qual a relação entre a fé e prova, no sentido de confirmação?

A lição de hoje coloca em destaque as dificuldades que os próprios discípulos tiveram quanto a entender quem realmente era Jesus e qual a sua verdadeira missão. Ela enfatiza que a igreja cristã primitiva começou a progredir apenas depois da ressurreição de Cristo. Parece que todos têm os mesmos problemas e dificuldades para acreditar nas coisas espirituais. Mesmo os discípulos tinham essa dificuldade, apesar de terem estado com Jesus por tanto tempo, terem presenciado seus milagres. Dá para perceber isso considerando o medo dos discípulos na hora em que ele foi preso. Todos fugiram…!

A sociedade da era pós-moderna enfrenta desafios crescentes que são ferramentas do inimigo para minar a fé. O próprio Jesus alertou para os problemas que seriam enfrentados no tempo do fim: “… Quando, porém, vier o Filho do homem, porventura achará fé na Terra? Lucas 18:8.
Pois é, será que hoje nós temos menos evidências do que eles tiveram? Penso que temos todas aquelas cumulativamente e, ainda mais, as experiências e testemunhos atuais.

A fé faz parte da adoração, pois aquEle a Quem adoramos é espírito, seu rosto jamais foi visto. A nossa adoração é pela fé, pelo que Ele criou, pelo que Ele representa para cada um de nós e para nós como comunidade, pelo poder com que Ele atuou em nossa vida e nos promete que estará conosco até a consumação dos séculos, pela sua segunda vinda, quando virá para nos resgatar definitivamente desta limitada dimensão terrena para uma dimensão plena, sem a presença e a possibilidade da existência do mal.

Portanto, é impossível a adoração sem a fé. “Sem fé é impossível agradar-Lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe e que é galardoador dos que O buscam.” Hebreus 11:6.

Pense: “Esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé.” I João 5:4

Desafio: Se temos a prova visível de algo, qual é o papel da fé nesse caso?


Wanderley Gazeta é professor no UNASP desde 1982. Casado com Sônia M. M. Gazeta, tem dois filhos, Jean Marcel e Marcus Fernando.


Fonte: http://www.escolanoar.org.br