Estudos Bíblicos: Adoração – Lição 09 – “Não Confie em Palavras Enganosas”: Os Profetas e a Adoração

Esquema para Apresentação da Lição

Pr. David Thomas


Textos: Isaías 1:11-15; Isaías 6:1-8; Isaías 44; Isaías 58:1-10; Jeremias 7:1-10; Miquéias 6:1-8


Continuamos com a assunto da adoração, como ele pode ser feita de maneira apropriada e como ele pode com frequência cair em contrafações ou meros rituais.

Na lição desta semana, existem diversas passagens bíblicas que exigem o nosso cuidadoso estudo e reflexão. Todos eles foram escritos pelos antigos profetas, uma coleção desafiadora de indivíduos que frequentemente falaram de maneira ousada contra aquilo que eles viam como erros de seu tempo.

  • Jeremias 7:1-10 – Note como Jeremias aponta àqueles que confiam em sua capacidade de participar de rituais de adoração, ir aos lugares certos, repetir a sequência certa de palavras, dar as ofertas certas. Sem o ingrediente de submissão a Deus, sem uma consideração genuína por Deus, os rituais de adoração são inúteis, piores do que inúteis, porque podem muito bem transmitir um senso de falsa segurança àqueles que os praticam.
    • Note particularmente o verso 4 a sua observação quase zombeteira.
  • Isaías 44 – Este capítulo contém uma seção que fala acerca da tolice da idolatria, de construir um ídolo e investi-lo de prerrogativas divinas.
    • Você vê algum perigo hoje que seja um paralelo daquela situação de tanto tempo atrás? Embora não tenhamos a tendência agora de construir ídolos de madeira, de pedra, de ouro e de prata, quais ídolos estamos em perigo de construir?
    • Por que a adoração a ídolos pode ser pior do que não adorar absolutamente?
  • Isaías 1:11-15 – Esta é uma passagem muito interessante que reflete sobre o efeito do comportamento na adoração. Ou, para dizer isto de outra maneira, se a confiança em Deus e a adoração a Ele não afeta o nosso comportamento quotidiano, tornando-o correto e justo, o resultado é que a adoração se torna vazia e Deus a rejeita.
    • Note alguns dos itens específicos que Isaías menciona como sendo repreensíveis a Deus.
  • Isaías 58:1-10 – Nesta seção lemos dos comentários feitos por Isaías a respeito de como fazer coisas boas e corretas é de muito maior consequência para Deus do que a participação em rituais religiosos.
    • É interessante que são feitos comentários aqui de que Deus não vê nem ouve as súplicas daqueles que exploram os outros.
    • Por que você acha que oprimir aos outros é tão repreensível à vista de Deus?
  • Isaías 6:1-8 – Nesta seção de Isaías, lemos de um primeiro encontro de um profeta com Deus, que o chamou ao serviço profético.
    • O que você aprende deste texto acerca dos elementos da verdadeira adoração?
    • A adoração é algo que fazemos ou é mais como uma resposta natural a uma compreensão particular de Deus?
  • Por que os seres humanos são tão propensos a depender de rituais e emblemas de adoração em vez de contemplar a Deus?
  • Que papel você vê que o ritual desempenha na adoração?
  • O que poderia ser feito para preencher as nossas mentes com um senso de temor quando estamos adorando hoje?

Fonte: Good Word


Índice Geral por Tema

Índice Geral por Autor