Estudos Bíblicos: Adoração – Lição 03 – O Sábado e a Adoração

Auxiliar do Professor

Texto-chave: “Vinde, adoremos e prostremo-nos; ajoelhemos diante do SENHOR, que nos criou. Ele é o nosso Deus, e nós, povo do seu pasto e ovelhas de sua mão.” Salmos 95:6, 7

O aluno deverá…

Saber: Sobre a relação entre a adoração e o sábado, a criação, a redenção e a santificação.

Sentir: Alegria na celebração da criação, bem como a libertação e restauração para as quais o sábado proporciona oportunidade.

Fazer: Lembrar-se do sábado e de tudo o que ele representa durante a semana, como base para nossa fé pessoal e as doutrinas que praticamos.

Esboço

I. Saber: Criador, redentor e restaurador

A. Como o sábado se estende tanto para trás quanto para frente, para celebrar atos fundamentais de Deus em nosso favor? Quais são esses grandes atos?

B. Como a santificação do sábado serve de sinal e testemunho para os incrédulos a respeito do nosso relacionamento com Deus?

II. Sentir: Muito para celebrar

A. No mundo criado por Deus, o que nos traz alegria? Como o sábado nos dá a oportunidade de celebrar a criação e o Criador?

B. Como a celebração do sábado nos aproxima do Redentor e aprofunda nosso relacionamento com Ele?

C. Como devemos celebrar a santificação no sábado?

III. Fazer: Fundamentos e defesas importantes

A. Embora o sábado chegue uma vez por semana, como seu significado molda nossa maneira de viver o restante da semana?

B. Que aspectos da criação, redenção e santificação são fundamentais às nossas atividades cotidianas e filosofias de vida?

Resumo: A adoração no sábado imortaliza o ato divino da criação, nossa libertação do pecado e nossa restauração à santidade. É um testemunho para os incrédulos e o Universo em geral sobre nossa identidade e nosso relacionamento com Deus.

Ciclo do aprendizado

Motivação

Conceito-chave para o crescimento espiritual: Historicamente, o sábado sempre tem distinguido os verdadeiros adoradores de Deus. Os poderosos atos de Deus na criação, bem como Sua redenção prometida, estão incluídos no sábado. Guardando o mandamento do sábado, demostramos nossa fé em Seu poder e em Suas promessas.

Só para o professor: Enfatize a importância do descanso sabático e da adoração para nosso bem-estar físico, mental e espiritual.

Todos sabemos que precisamos nos exercitar. As muitas resoluções de ano-novo confirmam essa ideia. Entendemos que, se queremos ter boa saúde, temos que trabalhar para isso. A última coisa de que precisamos é de mais tempo em repouso, não é?

É verdade que muitos, ou a maioria das pessoas nos países desenvolvidos, é demasiadamente sedentária e se priva de exercício. Mas você sabia que essas pessoas também são privadas do sono? A maioria de nós está ciente dos resultados negativos que resultam de um estilo de vida sedentário. A obesidade é um deles; males relacionados, tais como diabetes tipo 2 e doença coronariana ou vascular também vêm à mente. Mas você sabia que a privação do sono contribui para muitas dessas mesmas coisas? Falta de sono resulta em aumento dos níveis de um hormônio chamado cortisol. Em excesso, o cortisol manda nosso corpo armazenar mais gordura na barriga. Ele também causa estresse aos órgãos vitais, tornando-nos suscetíveis a certas doenças degenerativas. Tudo isso pode ser evitado por um sono mais restaurador, como parte de um estilo de vida saudável, que também inclui exercício e nutrição adequados.

Assim, a própria natureza decreta que devemos passar certa quantidade de tempo descansando ou correr o risco de morte e doença em idade precoce. Mas o descanso não ocorre naturalmente para nós.

Como cristãos adventistas do sétimo dia, reconhecemos uma dimensão espiritual no descanso, como exemplificado no mandamento do sábado. O descanso sabático não é apenas um “relaxamento”, por mais benéfico que seja. Ao mantê-lo, reconhecemos nossa completa dependência de Deus, em adoração. E O honramos no modo e no tempo de Sua escolha, não necessariamente os nossos.

Comente com a classe: Por que o mandamento do sábado, uma clara ordem de Deus, é tão amplamente mal interpretado, ignorado e até mesmo ridicularizado pelos cristãos? Como podemos, pessoalmente, ajudar outros a compreendê-lo e apreciá-lo?

Compreensão

Só para o professor: Enfatize o sábado como sinal de nossa criação e redenção, bem como sua importância como um período de tempo explícita e especificamente dedicado a Deus.

Comentário Bíblico

I. Você não precisa ser judeu… (Êxodo 20:8-11 e Deuteronômio 5:12-15).

Para muitas culturas e religiões, o tempo é cíclico: o que aconteceu antes vai acontecer novamente. Mesmo que não concordemos com a visão cíclica da natureza e do tempo, como, por exemplo, os maias faziam e os hindus ainda fazem, seria bastante fácil acreditar que “tudo continua como desde o princípio da criação” (II Pedro 3:4, NVI).

Mas, como cristãos e adventistas do sétimo dia, sabemos que o mundo tem um começo. Ocorrendo no fim da semana cíclica de sete dias, o sábado é um lembrete de nossa origem como criaturas de Deus, feitas à Sua imagem. Com o sábado, Deus marcou o início da presente era da criação. E ele tem sido observado desde então. Considere outras comemorações ou festas. Nenhuma delas volta ao começo do mundo, com exceção do sábado. Isso apenas sugere que o sábado não é um assunto judaico, mas uma questão divina.

Pense nisto: Somos instruídos a lembrar do sábado. Isso não significa apenas que, quando ele ocorre, devemos nos lembrar somente de parar de trabalhar, fazer compras ou assistir a entretenimentos estúpidos (embora tudo isso seja verdade). O sábado também nos leva a considerar por que fazemos essas coisas, ou deixamos de fazê-las, conforme o caso. O sábado nos dirige ao início e, portanto, a Deus.

Muitas pessoas consideram o sábado uma arcaica relíquia do passado, sejam as leis do Antigo Testamento ou os sábados ou domingos tristes de sua juventude, quando esses momentos eram definidos por aquilo que eles não podiam fazer. O sábado é um fardo para você, ou é um lembrete do impressionante poder criador e redentor de Deus? Por quê? Se for um fardo, o que precisa mudar para você?

Aplicação

Só para o professor: O sábado nos faz lembrar dos atos poderosos de Deus em nosso favor, de Suas promessas e Sua suficiência em todas as nossas necessidades. Use as perguntas a seguir para enfatizar a centralidade do sábado para uma completa experiência da paz e da redenção que Deus nos oferece.

Perguntas para consideração

1. O que a existência do sábado, o mesmo dia a cada semana, desde o princípio do tempo, nos diz sobre a confiabilidade e a estabilidade de Deus neste mundo em que tanta coisa é instável e transitória?

Descreva como todos os atos de Deus (criação, santificação e redenção), são refletidos na celebração do sábado.

Pergunta de aplicação

A observância do sábado é muitas vezes colocada como uma questão de leis, fundamentada em regras. Que critério você aceita, ou rejeita, a fim de determinar quais são as atividades que honram a Deus no sábado, e as que O desonram? Como você santifica o sábado?

Como o sábado o ajuda a se lembrar da presença e da centralidade de Deus em todas as coisas?

Criatividade

Só para o professor: A dádiva do sábado é um lugar santificado no tempo, no qual não temos nada a fazer além de honrar a Deus pelo que Ele fez (criação), pelo que Ele está fazendo (santificação) e pelo que Ele fará (redenção). Enfatize que, de certa forma, quando entramos no descanso sabático, estamos entrando em um lugar diferente, bem como em um tempo diferente.

Leve para a classe uma mala (ou qualquer bagagem) com alguns objetos (roupas, produtos de higiene, etc., qualquer coisa que se poderia pensar em colocar na bagagem para uma viagem). Comece a arrumar esses itens na mala. Pergunte aos seus alunos o que eles pensam em levar quando viajam para qualquer lugar por um determinado período de tempo. Sugestão: distribua folhas de papel para que eles possam fazer pequenas listas.

Depois, explique que devemos considerar o sábado um lugar especialmente diferente, bem como um segmento da semana. Como poderíamos estar mais preparados para honrar o sábado, se pensássemos nele como um lugar para onde estivéssemos indo? Pergunte aos alunos como eles se preparariam, se pensassem no sábado dessa maneira.

Alternativa: Conduza uma discussão sobre o que o sábado tem significado para a vida individual dos membros da classe. Será que eles já tiveram que sacrificar alguma coisa por causa do sábado, como emprego ou compromissos sociais? O sábado é um alívio? Por quê? É uma fonte de mais estresse? Explique. Como podemos melhorar nossa experiência do sábado e obter as bênçãos que Deus deseja que recebamos dele?