Reverência – Dr. Bruce Cameron

por: Dr. Bruce Cameron

Introdução: Um dos meus colegas da faculdade de direito tinha o costume de ficar em pé em frente à classe, antes da chegada do professor, e contar uma piada. Com freqüência a piada era sobre Deus. A classe vinha abaixo de risadas e eu tentava não sorrir porque pensava que as piadas eram impróprias. Estava preocupado com o respeito devido a Deus. Hoje, quando prego, sempre tento dizer algo engraçado. Embora isso normalmente não se reflita nestes comentários, é muito raro que eu dirija uma classe de estudo onde os alunos não dêem risadas. O que Deus espera de nós quando se trata de respeito e reverência? Seus padrões são os mesmos que os nossos: queremos que as pessoas riam conosco e não de nós? Vamos pular para dentro do nosso estudo e descobrir o que significa ter reverência para com Deus!

I. O Temor do Senhor

A. Leia Salmos 111:10. O que significa “temer” a Deus? (A palavra hebraica também pode significar “reverência”.)

1. O texto nos diz que o temor começa a nos tornar mais sábios. Como o medo pode nos tornar sábios?

a. Você já notou que quando fica assustado, também fica mais esperto? Ou será que ficar assustado e esperto é diferente do temos e a sabedoria mencionadas em Salmos 111?

2. Por que o salmista fala neste verso acerca de cumprir os preceitos de Deus? (O Antigo Testamento freqüentemente repete o mesmo conceito de uma forma ligeiramente diferente (“paralelismo”). Este é o caso aqui. O que este texto nos ensina é que o temos a Deus significa que seguimos as suas regras.)

3. Como sabedoria e bom entendimento podem ser paralelos? (Isto mostra como o temor a Deus nos dá sabedoria. Se obedecemos aos preceitos de Deus, isto nos ajuda a compreender melhor o nosso relacionamento com Deus e com as pessoas à nossa volta. Isto é inteligência emocional.)

B. Leia Provérbios 1:28-31. O que o “temor do Senhor” significa neste contexto? (Novamente, o temos está sendo usado para significar a aceitação da direção de Deus.)

1. Quando recusamos a aceitar a direção de Deus em nossas vidas, o que acontece? (Duas coisas. Primeiro, sofremos as conseqüências naturais de nossas escolhas. (verso 31 “comerão do fruto do seu caminho”). Segundo, Deus pode muito bem não fazer coisa alguma para intervir em nossa ajuda (verso 28 “a mim clamarão, mas eu não responderei”).

C. Se temer a Deus significa que O obedecemos, o que significa amar a Deus? Aprendemos durante as lições anteriores neste trimestre que amar a Deus também resulta na nossa obediência. João 14:15)

D. Depois de olhar estes textos, qual você acha que é o ingrediente chave em demonstrar reverência a Deus? (Obedecer-Lhe).

1. Nossas palavras têm alguma coisa a ver com mostrar reverência para com Deus? (Leia Êxodo 20:7)

a. O que você acha que está englobado no mandamento para não tomar o nome do Senhor em vão?

(1) Isto poderia incluir dar uma falsa impressão de Deus?

(2) Isto poderia incluir dizer que Deus aprova ou não aprova certas atitudes, quando isto não é verdade?

II. Alegria e Riso

A. Leia Tiago 4:7-10. Este texto está nos dizendo para não rirmos ou termos alegria?

1. Quando o texto nos diz para nos “submetermos a Deus” – isto é o mesmo que temer a Deus? (Sim. Penso que se trata do mesmo conceito.)

a. Deveríamos entender que a submissão a Deus impossibilita o riso e a alegria?

b. Apenas certas pessoas é que não deveriam rir ou ter alegria? (Penso que este texto é dirigido às pessoas que não confrontaram objetivamente seus pecados. Deus nos fala para considerarmos com seriedade o pecado em nossa vida. Não deveríamos rir acerca dele ou termos alegria nele.)

B. Leia Isaías 6:5-7. Como Isaías se sentia a respeito de seus pecados?

1. Quando Isaías considerou seus pecados, qual era o seu ponto de comparação? (Quando ele teve uma visão mais clara do “Deus Todo Poderoso”, compreendeu sua natureza pecaminosa.)

a. Quando você considera quão “bom” você é, qual é o teu ponto de comparação?

(1) Deveríamos ter o mesmo ponto de comparação que Isaías teve?

2. Como o nosso temor a Deus deveria afetar a nossa visão dos nossos pecados? (Você consegue ver que existe um padrão aqui? Quando tememos a Deus e amamos a Deus, decidimos obedece-Lhe. Estar face a face com os mandamentos de Deus nos leva a vermos o pecado em nossa vida. Isto, por sua vez, deveria nos levar a considerarmos o pecado muito seriamente.)

3. O que Isaías 6:6-7 nos ensina a respeito do desejo de Deus de nos deixar sem riso ou alegria? (Deus enviou imediatamente o Seu anjo até Isaías para assegurar-lhe o perdão e a expiação pelos seus pecados.)

C. Leia I Pedro 1:8-9. Uma vez que tenhamos compreendido que temos o perdão de Deus para os nossos pecados, que emoção sentimos? (Alegria! “Uma alegria indizível e gloriosa”.)

D. Leia Salmos 126:2-3. Com relação a piadas e risos, que parâmetros você sugeriria a partir destes versos que estudamos? E as piadas que envolvem Deus? (Se estamos zombando de Deus, fazendo piadas acerca de nossos pecados, então não estamos mostrando respeito por Deus e Seus mandamentos. Por outro lado, se levamos a sério os mandamentos de Deus para a nossa vida, se consideramos nossos pecados com seriedade e buscamos a Sua salvação, então o resultado será alegria e riso em nossas vidas. Temos alegria por causa do que Deus fez por nós.)

III. Respeito Conquistado?

A. Discutimos o que significa temer a Deus. Todos nós sabemos o que significa respeitar as outras pessoas. Você respeita a todos? Deveria fazer isto?

1. Compare I Timóteo 3:8 com I Pedro 2:17. O que estes textos sugerem que seja a nossa obrigação de respeitarmos os outros? (Embora I Pedro 2:17 se refira a dar aos outros o “devido” respeito, a expressão grega realmente significa respeitar a todos. Por outro lado, I Timóteo nos ensina que devemos ser “dignos” do respeito, sugerindo que alguns merecem mais respeito do que outros. No livro de Tito, os homens idosos são instruídos a serem “dignos de respeito”. (Tito 2:2) Deveríamos nos esforçar para sermos dignos do respeito dos outros.)

B. Qual é a nossa base para respeitarmos a Deus? Como Deus conquista o nosso respeito?

1. Vamos ler o que o primeiro anjo de Apocalipse 14 diz. Leia Apocalipse 14:6-7. Em quais bases é dado o respeito (temer e dar glória) a Deus? (Ele é o nosso Criador e nosso Juiz.)

2. Por que Deus é digno de nos julgar? (A comparação de João 9:39 com João 5:21-22 nos revela que Jesus veio a este mundo porque sabia que nós seríamos julgados. Ele queria não apenas prover um meio de salvação para nós, mas queria que compreendêssemos a salvação que Ele nos oferece. Como resultado, Deus o Pai confiou ao Filho o julgamento.)

C. Amigo, você diria que as tuas ações e a tua fala refletem a reverência com relação a Deus? Se isto não for verdade, por que não pedir a Deus para te ajudar em uma mudança de atitude hoje?