O Que Deus Diz Sobre a Música

por: Dra. Eurydice V. Osterman

Parece que Deus se cala quando o assunto é música, especialmente a música contemporânea, e por esta razão, muitos têm adotado a crença de que estão livres para ouvir ou apresentar a música que se enquadra em seu gosto porque isto é uma “questão pessoal”. Mas, mediante um cuidadoso exame das Escrituras, feito com oração, pode-se perceber que Deus falou muito mais sobre música do que supõem alguns.

Deus poderia facilmente ter apresentado o tema da música para remover toda e qualquer dúvida daquilo que é ou não aceitável a Ele, mas preferiu não fazê-lo. Antes, deu princípios infalíveis que regem e transcendem todas as preocupações éticas, culturais e de gerações. Diferentemente dos pássaros, grilos e outras criaturas a quem deu a faculdade de emitir sons, Deus, em amor, deu aos homens o poder de escolha e a capacidade de criar sons de louvor e ações de graça a Ele por sua misericórdia, bondade, justiça, fidelidade e amor.

A premissa para nossa crença encontra-se em Hebreus 11:6 “De fato, sem fé é impossível agradar a Deus…”

  1. I Coríntios 2:14 “… não aceita as coisas do Espírito de Deus… porque elas se discernem espiritualmente.”
  2. Tiago 1:5 “Ora, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e não censura, e ser-lhe-á dada.”
  3. Provérbios 4:7 “A sabedoria é a coisa principal; adquire, pois, a sabedoria; sim, com tudo o que possuis adquire o entendimento.”
  4. II Coríntios 3:18 A sabedoria do mundo não pode discernir as coisas espirituais.
  5. Colossenses 2:8 “Tendo cuidado para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo.”
  6. I Coríntios 8:9 “Mas, vede que essa liberdade vossa não venha a ser motivo de tropeço para os fracos.”
  7. João 5:39 “Examinai as Escrituras…”
  8. Isaías 28:10 “…preceito sobre preceito…”
  9. João 14:26 “Mas o Consolador…ensinará todas as coisas…”
  10. Oséias 4:6 “O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Porquanto rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.”
  11. Deuteronômio 10:12,13 “Agora, pois, ó Israel, que é que o Senhor teu Deus requer de ti, senão que temas o Senhor teu Deus, que andes em todos os seus caminhos, e o ames, e sirvas ao Senhor teu Deus de todo o teu coração e de toda a tua alma,que guardes os mandamentos do Senhor, e os seus estatutos…”
  12. Números 15:30, 31 “Mas a pessoa que fizer alguma coisa temerariamente, quer seja natural, quer estrangeira, blasfema ao Senhor; tal pessoa será extirpada do meio do seu povo, por haver desprezado a palavra do Senhor, e quebrado o seu mandamento; essa alma certamente será extirpada, e sobre ela recairá a sua iniqüidade.”
  13. Isaías 8:20 “A Lei e ao Testemunho! se eles não falarem segundo esta palavra, nunca lhes raiará a alva.”
  14. Filipenses 4:8 “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.”
  15. Judas 24 “…Aquele que é poderoso para vos guardar dos tropeços… “

I. A Fonte do Problema

  1. Isaías 14: 12-14 “Como caíste do céu, ó estrela da manhã, …Tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu…”
  2. Apocalipse 12:17 “E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra aos demais filhos dela, os que guardam os mandamentos de Deus, e mantêm o testemunho de Jesus.”
  3. Apocalipse 19: 10 “… pois o testemunho de Jesus é o espírito da profecia.”
  4. Marcos 3:25 “ou, se uma casa se dividir contra si mesma, tal casa não poderá subsistir.”
  5. II Coríntios 4:4 “nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.”

II. Fazendo a Diferença – Objetivo: Centralizar a Atenção em Deus

  1. Levítico 10:10 “não somente para fazer separação entre o santo e o profano.” Deus deseja que aquilo que está a Ele associado seja diferente do mundo.
  2. II Coríntios 6:17 “… saí vós do meio deles e separai-vos, diz o Senhor; e não toqueis coisa imunda, e eu vos receberei.”
  3. Mateus 6:24 “Ninguém pode servir a dois senhores.”
  4. Josué 24:14, 15 “Agora, pois, temei ao Senhor, e servi-o com sinceridade e com verdade…escolhei hoje a quem haveis de servir…”
  5. I Samuel 15: 22, 23 “…Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, e o atender, do que a gordura de carneiros Porque a rebelião (cultura rock) é como o pecado de adivinhação, e a obstinação é como a iniqüidade de idolatria…”
  6. Mateus 7:15-20 “…Não pode a árvore boa produzir frutos maus, nem a árvore má produzir frutos bons.”
  7. Os exemplos bíblicos dos lideres escolhidos por Deus deviam ser diferentes:
    1. Na escolha de Israel como nação;
    2. Na escolha da tribo de Levi para ministrar no tabernáculo;
    3. Sansão.
  8. Deus nos chama para sermos diferentes:
    1. I Pedro 2:9 – “um povo de propriedade exclusiva”

III. Mundanismo

  1. Definições
    1. Aquilo que é devotado a este mundo e suas preocupações em vez de à religiões ou às questões espirituais.
    2. A preocupação com a riqueza, consumismo, fama, moda, sensualidade, etc., tudo isso, de alguma forma, está associado com a música contemporânea. (Webster)
      1. Romanos 12:2 – “E não vos conformeis com este século…
      2. II Coríntios 4: – “Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos…”
      3. Tiago 1 :27 – “A religião pura e imaculada diante de nosso Deus e Pai é esta: … guardar-se isento da corrupção do mundo.”
      4. Tiago 4:4 – “…não sabeis que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.”
      5. I João 2:15 – “Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.”
  2. O “fruto” da música (tudo que se reproduz conforme a sua espécie).
    1. Que diz Deus sobre ela:
      1. II Coríntios 6:17 – “…não toqueis em coisas impuras e eu vos receberei.”
      2. Jeremias 50:2 – “Anunciai entre as nações; fazei ouvir, e arvorai estandarte.”
      3. Tiago 3:11 – “Porventura a fonte deita da mesma abertura água doce e água amargosa?” Assim, fonte alguma pode jorrar água salgada e potável ao mesmo tempo.
    2. Lucas 6:45 – “…porque a boca fala do que está cheio o coração.”

IV. Culto e Música: Os homens adoram a Deus de acordo com o seu conhecimento dEle, e também de sua experiência com Ele.

  1. Definição: O ato de prestar louvor e adoração a um ser ou objeto (carro, dinheiro, casa, etc.).
  2. Mandamento e advertência de Deus: Apocalipse 14:7, 9, 10 – “Temei a Deus e dai-lhe glória… adorai aquele que fez o céu e a terra, … Se alguém adorar a besta e a sua imagem…também esse beberá do vinho da cólera de Deus…”
  3. Os três tipos de culto:
    1. Em espírito (emoções) e em verdade (intelecto).
    2. “Vã” adoração, prestar culto por motivos errados (aplauso, mostrar talentos, etc.)
      1. Marcos 7:7 – “mas em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens.”
      2. II Tessalonicenses 2:15 – “… estai firmes e conservai as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa.”
    3. “Falsa” adoração, prestar culto a um falso deus (os artistas, a música, etc.)
      1. O bezerro de ouro.
      2. Elias x sacerdotes de Baal.
      3. Caim x Abel.
    4. Juízes 16:20 – “… porque não sabia ainda que já o Senhor se tinha retirado dele.”
    5. Jeremias 2:11 – “… Todavia meu povo trocou a sua Glória por aquilo que é de nenhum proveito.”
    6. Jeremias 7:30 – “Porque os filhos de Judá fizeram o que era mau aos meus olhos, diz o Senhor; puseram as suas abominações na casa que se chama pelo meu nome, para a contaminarem.”
    7. Jeremias 42: 3 – “para que o Senhor teu Deus nos ensine o caminho por onde havemos de andar e aquilo que havemos de fazer.”
    8. Jeremias 51:27 – “Arvorai estandarte na terra…”
  4. Como quer o senhor que O adoremos?
    1. Salmo 100:4 – “Entrai pelas suas portas com ação de graças, e em seus átrios com louvor; dai-lhe graças e bendizei o seu nome.”
    2. Salmo 95:6 – “Oh, vinde, adoremos e prostremo-nos; ajoelhemos diante do Senhor, que nos criou.”
    3. Eclesiastes 5:1 – “Guarda o teu pé, quando fores à casa de Deus…”
    4. Salmo 114:7 – “Estremece, ó terra, na presença do Senhor.”
    5. Isaías 41:1 – “Calai-vos perante mim.”
    6. Sofonias 1:7 – “Cala-te diante do Senhor.”
    7. Zacarias 2:13 – “Cala-se toda carne diante do Senhor.”
    8. João 4: 24 – “…importa que seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.”
    9. Salmo 30: 4 – “Salmodiai ao Senhor, vós que sóis sus santos.”
    10. Salmo 47:7 – “…salmodiai com harmonioso cântico.”
    11. Salmo 96:1 – “Cantai ao Senhor um cântico novo…”
    12. Salmo 66:1 – “Aclamai a Deus…”
    13. Efésios 5:19 – “falando entre vós em salmos, hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração.”
    14. Salmo 33:3 – “…tangei com arte e com júbilo.”

V. Contrafação de Satanás; (Sintomas de Problema), desvia nossa atenção dos pontos de controvérsia.

  1. Hiato entre gerações.
    1. Os jovens se identificam com ritmos acelerados e batidas vigorosas.
    2. Os jovens não são maduros para fazer julgamentos e tomar decisões, espirituais ou outras, simplesmente porque ainda não viveram o bastante.
  2. Preferências étnicas, classistas, sociais e culturais.
    1. O ritmo oferece uma satisfação imediata mas não requer nenhum grau de consideração e contemplação.
      1. A bateria acentua o ritmo e o compasso.
      2. A bateria se sobrepõe à melodia e à harmonia.
      3. A ciência comprova que a acentuação rítmica apela ao físico.
      4. Os jovens gravitam em torno da música ritmada.
      5. Deus não pode falar ao coração através de um método que acentua o físico.
    2. A indústria da música e das gravações está ciente da:
      1. Oportunidade de fazer milhões de dólares, ao centralizar-se nos sons populares atuais com letras religiosas.
      2. Esta música está impregnada de sensualidade no tom, letra e tema entre outras coisas.
      3. A linha de separação entre o santo e o profano fica anuviada ou desaparece totalmente.
      4. Ilustrações quanto ao impacto que o tom, letra e tema tem sobre a música.
        1. Jazz: Duke Ellington
        2. Barroca: J.S. Bach
        3. Sagrada: Del Delker
        4. Rock: Beatles
      5. Apropriada: tudo que é adequado, compatível, ou próprio para a ocasião.
        1. Casamento
        2. Funeral
        3. Espetáculo Circense
      6. O espírito e a letra da música influi no humor e no comportamento
      7. Associação do som e do ambiente sobre
        1. Humor
        2. Clima
        3. Resposta Comportamental
        4. Música característica

Testemunhos Seletos, Vol. II p.202: “…prevalecerá entre eles a tendência para nivelar o sagrado ao comum. Tais pessoa, professando a verdade, serão uma ofensa a Deus e uma lástima para a religião.”

VI. Características da Música Cristã

  1. Centralizada em Deus
  2. Influência enobrecedora
  3. Produz frutos de reverência e humildade.

VII. Solução para o problema: Que Deus diz?

  1. II Samuel 23: 3,4 – “Falou o Deus de Israel, a Rocha de Israel me disse: Quando um justo governa sobre os homens, quando governa no temor de Deus, será como a luz da manhã ao sair do sol, da manhã sem nuvens, quando, depois da chuva, pelo resplendor do sol, a erva brota da terra.”
  2. I Crônicas 25:7 – “…irmãos instruídos no canto do Senhor, todos eles mestres…”
  3. Neemias 12:47 – “Todo o Israel … nos dias de Neemias, dava aos cantores e aos porteiros as suas porções destinadas aos levitas…”
  4. Provérbios 3: 5, 6 – “…não te estribes em teu próprio entendimento…”
  5. Provérbios 4:7 – “A sabedoria é a coisa principal; adquire, pois, a sabedoria; sim, com tudo o que possuis adquire o entendimento.”