Por Que Cantamos?

por: Flávio Araújo Garcia

Cantamos para espantar males: “Quem canta, seus males espanta”;

Cantamos para louvar a Deus: Reconhecimento pela vida;

Cantamos agradecendo uma vitória antecipada: Esperança;

Cantamos por um exaltado triunfo: Vitória alcançada em nossa vida.

Cantamos porque o cântico sagrado descerra na alma as fontes do arrependimento e da fé, da esperança, do amor e da alegria.

Cantamos porque a nossa confiança em Deus foi provada, quando clamamos Ele ouviu o nosso clamor, as súplicas, a angústia…

Cantamos porque Jesus usou os cânticos sacros para enfrentar e resistir as tentações. Quando havia palavras cortantes, pungentes, de tristeza, de descontentamento, desconfiança, temor opressivo, ouvia-se o canto de santa animação de Jesus.

Cantamos porque Ele nos amou primeiro, sendo nós ainda pecadores.

Cantamos porque, diante da da mais profunda crise na terra, o nosso canto de confiança e esperança será um hino de triunfo sobre o mal, sobre o poder do mal, sobre o reino do mal.

Cantamos porque Deus ordena hoje que suavizemos nossa viagem para a pátria celeste com cânticos.

Cantamos porque estamos quase chegando no lar celestial.

Cantamos porque estamos fazendo o ensaio para o grande Festival do Universo – o coral dos Remidos no palco do Mar de Vidro!