Os 9 Elementos da Adoração

por: Ramon Tessmann

Muitos leitores deverão perceber a ausência da música.

Eis o porquê: na Bíblia, a ato da adoração não depende da música e a música não é sequer o mais importante item. Alguns autores declaram haver 9 itens essenciais no ato da adoração. Para explicar isto costumamos utilizar a história do sacrifício do filho de Abraão, Isaque (Gênesis 22).

Confira nesta história a presença dos nove pontos relacionados abaixo:

1. Prova – a adoração envolve uma prova. Deus prova o nosso amor assim como provou o de Abraão (versículo 1): “Depois destas cousas, pôs Deus Abraão à prova…”

2. Obediência – Abraão obedeceu a Deus com prontidão. Quando Deus nos diz para fazer alguma coisa, devemos fazer na hora! Quando Deus nos chama, o “eis-me aqui” deve ser instantâneo (versículo 1): “…e este (Abraão) respondeu: Eis-me aqui”.

3. Relacionamento – Devemos gastar tempo com o Senhor. Devemos estar dispostos a conhecê-Lo e conhecer a sua voz. Quando o Diabo falou com Jesus, ele imediatamente reconheceu a voz do Diabo. Devemos saber se é Deus que está falando ou não! (João 10:4-5)

4. Processo – Deus muitas vezes nos tira do lugar onde estamos para nos ensinar algo, uma lição. Ele nos faz ir a um congresso ou fazer uma viagem para falar conosco (versículo 2): “Prosseguiu Deus: Toma agora teu filho; o teu único filho, Isaque, a quem amas; vai à terra de Moriá, e oferece-o ali em holocausto sobre um dos montes que te hei de mostrar”.

5. Oferta – Devemos trazer ofertas a Deus. Quando Ele nos pede alguma coisa, por mais importante que seja, devemos ofertar com amor, como aconteceu com Abraão (versículo 2): “…e oferece-o ali em holocausto…”. É importante ressaltar que dízimo não é oferta, é sim obrigação!

6. Preparação – Devemos estar preparados para estar na presença de Deus (versículo 3).

7. Separação – Devemos nos separar das pessoas que podem nos impedir de adorar a Deus (versículo 5): “E disse Abraão a seus moços: Ficai-vos aqui com o jumento, e eu e o mancebo iremos até lá; depois de adorarmos, voltaremos a vós”.

8. Disposto a sofrer – Devemos estar dispostos a sofrer, dar a vida pela causa de Cristo. Abraão amava muito seu filho Isaque.

9. Confiança em Deus – Devemos estar dispostos a ter absoluta confiança em Deus e nunca duvidar Dele. Versículo 5: “Então, disse (Abraão) a seus servos: Esperai aqui, com o jumento; eu e o rapaz iremos até lá e, havendo adorado, voltaremos para junto de vós”. Como Abraão poderia dizer isto se ele sabia que iria imolar Isaque no altar? Porque Abraão estava tão convicto de que iria voltar com Isaque? Nos parece que Abraão já sabia o que estava no coração de Deus e já sabia que ia acontecer e assim como Abraão devemos ter absoluta confiança no Pai, independente das circunstâncias.

Ramon Tessmann
Ministério Vida Nova – Criciúma SC