Adoração e Fé

por: Ramon Tessmann

Introdução

Como sabemos, para se adorar a Deus não é necessário haver música. A adoração não é produzida pela música, mas a música é um dos veículos de adoração, assim como de louvor. Concluímos, portanto, que podemos adorar a Deus cantando ou tocando, mas também podemos adorar a Deus, sem tocar ou cantar, ou seja, sem utilizar música. Se todas as afirmações acima estiverem corretas, pode-se constatar que a música não é um item essencial para o ato da adoração.

No entanto, há itens que são essenciais para o ato da adoração. Um deles é a fé. Por várias vezes na Bíblia, vemos que pessoas adoraram e agradaram a Deus com um ato de fé no Senhor Jesus. Leia atenciosamente duas destas passagens transcritas abaixo:

E eis que veio um leproso e o adorava, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo. (Mateus 8.2)

Enquanto ainda lhes dizia essas coisas, eis que chegou um chefe da sinagoga e o adorou, dizendo: Minha filha acaba de falecer; mas vem, impõe-lhe a tua mão, e ela viverá. (Mateus 9.18)

Creio que é impossível adorarmos verdadeiramente quando não temos um coração agradável aos olhos de Deus. Se não fizermos somente o que agrada a Deus, certamente perderemos uma grande oportunidade de adora-lO em verdade, sem incredulidade. Podemos concluir, então, que para adorar precisamos primeiramente aprender a agradar. A Bíblia nos diz no livro de Hebreus que sem fé é impossível agradar a Deus. E não se pode adorar, quando não se agrada. Portanto, sem fé é impossível adorar a Deus. Que detalhe curioso, não?

Mas vamos contextualizar este artigo. Quando chegamos à presença de Deus, com incredulidade no coração, a adoração vai por água abaixo! Confesso que já estive muitas vezes nesta situação, cheio de dúvidas, de perguntas e sem acreditar no Pai. Muitas vezes me cheguei para adorar a Deus, duvidando que Ele estivesse ouvindo ou recebendo a minha adoração. Já cheguei ao extremo de duvidar de Sua existência! Sei que estou parecendo um Tomé, e me entristeço ao saber que o sentimento de Jesus para com Tomé no dia de Pentecostes não foi dos melhores. E isso já aconteceu comigo, quando inconscientemente pensei: “…só vou crer se ver ou sentir!”.

Os dois versos de Mateus que lemos acima indicam que o leproso e o chefe da sinagoga adoraram apenas crendo. E o que mais me marca é ler as constantes expressões de Jesus: “a tua fé te salvou”, “vai que a tua fé te curou”, etc. Esta posição de fé é essencial quando chegamos aos pés de Jesus para adora-lO. Quando chegamos à presença de Deus devemos crer que Ele pode fazer infinitamente além daquilo que pensamos ou imaginamos! Da mesma forma, devemos acreditar que Ele nos ama assim como nós somos e que Sua misericórdia é grande o suficiente para nos aceitar, pecadores como somos. Ah, como é bom saber disto!

Conclusão

Para concluir quero dizer ao amado leitor que você sempre lembre do que foi escrito neste artigo: sem fé é impossível adorar a Deus! Faça todas as coisas mediante a fé e creia no Pai sem duvidar jamais de seus atos, de sua obra, de sua existência, de Sua Palavra, de suas promessas, de sua grandeza, de seu poderio, … assim as possibilidades de haver um ato de verdadeira adoração aumentam muito. Esta posição de fé realmente agrada a DEUS!

no amor de Cristo,

Ramon Tessmann


Fonte: Publicado originalmente em: http://www.vidanovamusic.com/